Torcida do Barras muda de hit e agora é… tô fraco, tô fraco… tô fraco! Emudeceu-se o grito Bafoooo, Bafoooo…

 Torcida do Barras muda de hit e agora é… tô fraco, tô fraco… tô fraco! Emudeceu-se o grito Bafoooo, Bafoooo…

O Barras Futebol Club perdeu para mais um time piauiense diante do qual nunca havia sido derrotado. Na noite desta Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013, o Leão do Marathaoan em jogo  válido pela quarta rodada do Campeonato Piauiense foi humilhado pelo Piauí Esporte Clube, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, ao ser derrotado por 4×2. Até hoje só dois clubes fizeram mais de 2 gols de diferença num jogo contra o Bafo: o River (4×2) e o Corinthians/SP (6×0).
Nada imprevisto se analisarmos o time sem qualidades tecnicas que foi montado pela diretoria, que fez coisa parecida em 2011 quando também perdeu pela primeira vez na história para o 4 de Julho, de Piripiri. E ainda: deixou o clube fora do Campeonato Piauiense de 2012 por pura falta de responsabilidade administrativa e financeira o que causou desgaste diante dos possíveis patrocinadores.
A torcida, acostumada com um time aguerrido, que no futebol local sempre tem brigado por títulos desde que foi fundado em 15 de Novembro de 2004, após a derrota de 4×2 para o Piauí não tem perdoado a diretoria nas redes sociais. Um dos diretores mais criticados é o ex-prefeito Manim Rêgo. Torcedores pegaram uma foto do acessepiaui.com.br feita no Estádio Albertão quando Manim atendia um telefonema e estão escrevendo: Alô Manim Rego! Atende o telefone! Vê se muda o mascote do Bafo de um Leão para um Capote, pois o novo hit do time é… tô fraco, tô fraco, tô fraco!”
As manifestações bem humoradas dos torcedores em cima de Manim Rêgo tem uma justificativa. O atual prefeito Edílson Sérvolo, aliado de Manim Rego, atende também pela alcunha de “Capote” e só tem passado para os custeios do time como forma de patrocínio o quantia mensal de R$ 38 mil, dinheiro usado para folha de pagamento, aluguel da casa do atleta, refeições, compra de medicamentos e outras despesas, o que convenhamos: é uma “mincharia”.
O Campeonato Piauiense dura 4 meses (Fevereiro a Maio). Enquanto a Prefeitura de Barras repassa sob forma de patrocínio apenas R$ 38 mil para o Barras Futebol Club, investiu no último carnaval cerca de R$ 400 mil por apenas 4 dias favorecendo um bloco que é da iniciativa privada e dizem ainda que só a decoração da cidade custou cerca de R$ 100 mil!
No próximo Sábado (23) o Barras vai até a cidade de Floriano onde às 20 horas enfrenta o Cori-Sabbá pela quinta rodada do Estadual. O time alvinegro florianense é outro clube piauiense que nunca venceu o Barras. Pelo visto será mais uma estatística positiva que cairá por terra. Quem viver, verá!
Novo retrospecto do Barras contra o Piauí Esporte Clube: 5 vitórias do Barras, 1 vitória do Piauí e 5 empates.
Mais sobre o Tricolor Barrense acesse barrasfutebolclub.futblog.com.br

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO PIAUIENSE 2013 ATÉ A QUARTA RODADA:

1) – Flamengo do Piauí – 10 pontos
2) – Parnahyba – 7 pontos
3) – River – 7 pontos
4) – Picos – 7 pontos
5) – Piauí – 5 pontos
6) – Barras – 4 pontos
7) – Cori-Sabbá – 1 ponto
8) – 4 de Julho – 1 ponto
RANKING DA CBF:

Piauí: 128ª posição com 48 pontos
Barras: 191ª posição com 15 pontos
O BARRAS NOS CAMPEONATOS ESTADUAIS:

. Campeão Piauiense de 2008
. Campeão Piauiense da 2ª Divisão em 2005
. Campeão da Copa Piauí em 2007
. Campeão do Torneio Início do Campeonato Piauiense em 2011
MAIS SOBRE O BARRAS EM CAMPEONATOS PIAUIENSE:

2005 – Campeão Piauiense da 2ª Divisão
2006 – Vice-campeão da 1ª Divisão
2007 – Vice-campeão da 1ª Divisão
2008 – Campeão da 1ª Divisão
2009 – 4º lugar (1ª Divisão)
2010 – Vice-campeão da 1ª Divisão
2011 – 6º lugar (1ª Divisão)
2012 – Não participou 
DESEMPENHO DO BARRAS EM COMPETIÇÕES NACIONAIS:

Série C do Campeonato Brasileiro

2007 – 7º lugar
2008 – 38º lugar
Copa do Brasil

2007 – 39º lugar
2008 – 62º lugar
2009 – 37º lugar
2011 – 44º lugar

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *