Taxista barrense tem carro incendiado ao atender cliente

 Taxista barrense tem carro incendiado ao atender cliente

Um taxista que trabalha na cidade de Piripiri, distante 50 Km de Barras, escapou de uma morte cruel nesta Segunda-feira (20) enquanto realizava seu trabalho. Ele prestava seus serviços quando foi rendido por dois homens que haviam solicitado uma corrida até a cidade de Tianguá, no Ceará. A vítima foi colocada no porta-malas malas do carro e chegou a ouvir dos criminosos que o veículo iria ser queimado.

O taxista Antônio Cláudio falou que é natural de Barras e que um homem solicitou uma corrida até a cidade de Tianguá (CE), pois precisaria pegar alguns documentos.
“Fomos para Tianguá, na volta veio junto um amigo dele. Em determinado momento do trajeto, me renderam, me amarraram e me colocaram dentro do porta-malas”, conta o taxista ao relatar os momentos de terror.
Em certo ponto da BR-222, próximo à entrada da Rampa da Bananeira, o veículo apresentou problemas mecânicos. Era por volta de 18h e Antônio Cláudio conseguiu se desamarrar, correr para o mato e procurar por ajuda.
O carro foi incendiado e os assaltantes fugiram do local.
Por volta de 21h a Polícia Militar conseguiu localizar a dupla de marginais na rodoviária interestadual. Eles foram presos e levados à delegacia da cidade. Nelson Raylandre da Cruz Cavalcante e Antônio Francisco Paiva da Cruz, ambos com 19 anos de idade, naturais do Ceará, são os acusados do crime.
(*) Com informações e foto do Piripiri Repórter

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *