A jornalista, Maria Carcará, natural de Barras-PI, defendeu nesta sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2019, sua tese de doutorado na Universidade Federal do Piauí – UFPI, em Teresina. Foi aprovada e elogiada. A pesquisa trata sobre saneamento básico e notícias de televisão. “Saneamento básico participativo: o que a televisão divulga, como o público apreende” foi o tema avaliado pela banca formada por cinco professores doutores e pós-doutores. A apresentação foi no auditório do Departamento de Meio Ambiente e Desenvolvimento (TROPEN), da Universidade Federal do Piauí.

O professor e pos-doutor José Machado Moita Neto foi o orientador da pesquisadora desde o mestrado.

“É mais um caminho trilhado. Receber o título de doutora alimentou o meu sonho desde a adolescência. A pesquisa científica é viciante. Agora é verificar como ampliar para a sociedade as conclusões do trabalho desenvolvido. Sou adepta dos que acreditam que as pesquisas não devem ficar limitadas aos muros das bibliotecas. A intervenção social é necessária! Deus intui os caminhos”, pontua a agora doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente.

Maria Carcará possui graduação em Comunicação Social – Jornalismo – pela Universidade Federal do Piauí, graduação em Tecnólogo em Gestão Ambiental pela Universidade Pitágoras Unopar. É especialista em Imagem e Publicidade e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente, também pela UFPI. Atualmente é professora de Gestão Ambiental do Instituto Federal do Piauí. É proprietária do portal de notícias longah.com, que veicula informações dos municípios da região do Baixo Parnaíba Piauiense.

(*) Com informações e fotos do portal Longah