Se não desviarem o dinheiro, Barras ganhará em breve um rodoanel para folgar o trânsito no Centro da cidade

 Se não desviarem o dinheiro, Barras ganhará em breve um rodoanel para folgar o trânsito no Centro da cidade
Vista parcial da zona urbana de Barras.

A Assembleia Legislativa do Piauí autorizou o Governo do Estado a contratar operação de crédito, no valor de R$ 850 milhões, junto ao Banco do Brasil, com o objetivo de investir em mobilidade urbana, por meio do Projeto Pró Desenvolvimento II. 
Segundo o governador Wilson Martins, esse projeto é muito importante porque permitirá intervenções nas vias urbanas da capital Teresina e de outras cidades do Piauí.
Para Barras, parte destes recurso será empregado na construção de um rodoanel para facilitar o tráfego da cidade. A obra vai desafogar o trânsito da Rua Leônidas Melo que, depois de asfaltada, é a preferida dos motoristas que passam pela cidade, além da Rua São José. Carros pesados não mais passarão pela região central da cidade.
O rodoanel de Barras é um projeto antigo idealizado pelo ex-prefeito Joaquim Lucas Furtado. Começaria na PI-113 (entrada da cidade para quem chega de Teresina) e sairia na rodovia PI que liga Barras a Batalha. 
O que se espera agora é que o dinheiro não seja desviado pelo Governo do Estado como aconteceu com os R$ 11 milhões destinados a Barras há cerca de 8 anos no Governo de Wellington Dias (PT) para esgotamento sanitário nas ruas. A empreiteira responsável por essa obra de esgotamento sanitário em Barras chegou até a instalar seu canteiro de obras aqui, mas o Governo do Estado sumiu com os R$ 11 milhões até hoje não reclamados no Ministério Público por uma só autoridade do nosso Município. UMA VERGONHA.

Leia mais sobre como o Governo do Piauí irá investir esses R$ 850 milhões:

Entre as prioridades estão: em Teresina – viaduto da Miguel Rosa com Frei Serafim; viaduto da João XXIII entrando para a avenida Nossa Senhora de Fátima; e outro grande viaduto no balão do São Cristóvão; duplicação da PI 120, ligando a Usina Santana até o rodoanel, depois do km 7, na Chapadinha Sul. No interior do Estado:  rodoaneis em 10 municípios (Altos, Campo Maior, Barras, Esperantina e Luzilândia, no Norte do Piauí; e Floriano, Oeiras, São João do Piauí, Bom Jesus e São Raimundo Nonato, com entroncamentos rodoviários para evitar trânsito pesado pelo centro da cidade); duplicação da estrada da Pedra do Sal; asfaltamento da estrada Cabeceiras-Campo Maior; Porto Seco em Picos, Floriano e Teresina, o primeiro terço da Transcerrados, importante para o escoamento dos grãos; estrada de Santa Cruz do Piauí; expansão do Ronda Cidadão, ampliando para outros municípios grandes; além da expansão do Piauí Digital.

Diego Albert

3 Comments

  • Pizza se prepare, pois os políticos vão lhe usar !

  • os carros que opitam pela leonidas melo e que a rua que faz parte da PI esta quase intrafegavem com aquelas grandes valas que acbam com os carros.

  • Quando o atual governador, ainda era vice, ele foi em Barras na época da enchente e garantiu a construção do canal que desviaria o excesso de água que provoca enchentes do rio Marataoã, chegou a dizer que havia pago trezentos mil reais ao Norbelino Lira pela execução do projeto. Alguém pegou uma boa grana e se duvidar nunca foi nem para o papel. Na ocasião foi apresentado ao povo uma imoralidade, diziam que era um estudo para a elaboração do projeto, o qual tenho comigo. E tome enrolação nisso.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *