O Nordeste tem sido visto nos últimos cinco anos, como um dos grandes celeiros para descoberta de jovens talentos por grandes clubes do futebol brasileiro. Mensalmente agremiações do Sudeste e Sul, além dos grandes da própria Região Nordeste, fazem peneiras nas capitais e cidades outras do interior nordestino. Garotos de 8 a 17 anos tem migrado para diversos clubes nacionais e até do exterior.

Numa parceria com a Sociedade Esportiva Garra, de Teresina-PI, uma avaliação técnica do Corinthians-SP foi realizada na cidade de Poção de Pedras-MA, com a presença de Ricardo de Oliveira, avaliador técnico do alvinegro paulista. Foi em Poção de Pedras que o atleta Saulo, de apenas 9 anos, natural da cidade de Igarapé Grande-MA, destacou-se na peneira corintiana, sendo aprovado.

Por toda a semana passada, Saulo esteve em São Paulo realizando as últimas avaliações no Corinthians, onde foi muito exigido, mas destacou-se e teve aprovação nessa etapa final.

A partir da agora a família de Saulo procede trâmites para que o atleta possa fixar residencia em São Paulo, pois como tem apenas nove anos de idade, não pode ainda alojar-se. A lei reza que somente podem ser alojados nos clubes, atletas acima de 14 anos de idade. Exemplo parecido aconteceu com o piauiense Expedito que há três anos, com apenas 9 anos de idade, passou em avaliação técnica do Grêmio-RS e agora com 12 anos, ainda reside em uma pousada em Porto Alegre-RS, paga por sua família, até que complete 14 anos e possa ser alojando no Grêmio.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e sapatos

Saulo, 9 anos de idade, atleta do interior do Maranhão passará agora a jogar no Corinthians-SP