Neste dia 3 de fevereiro, o Santa Cruz Futebol Clube completa 107 anos, e nada melhor que comemorar o aniversário com a classificação à fase de grupos da Copa do Nordeste. Após empate em 2×2 no confronto de ida, o Tricolor recebeu o Itabaiana, no Arruda, na noite desta terça-feira (2), e carimbou sua passagem para o torneio regional. Com gols de Chiquinho e Lourenço, a Cobra Coral venceu os sergipanos pelo placar de 2×0 e salvou o primeiro semestre do clube pernambucano. Com a confirmação na fase de grupos, o Santa garante cerca de R$ 1,5 milhão. Na quinta-feira, na sede da CBF, acontece o sorteio dos grupos da competição que inicia no dia 27 de fevereiro.  

O Santa Cruz começou a partida com modificações na equipe titular. A principal delas, foi a ausência de Pipico entre os 11, com Lourenço fazendo companhia a Victor Rangel no ataque tricolor. Na lateral-esquerda, Leonan foi diagnosticado com Covid-19 e viu Perí assumir a posição.

Com a bola rolando, o Tricolor do Arruda viu os visitantes assumirem uma postura mais agressiva. Nos primeiros 15 minutos de encontro, o Itabaiana foi superior ao Santa, dificultando a saída de bola coral e finalizando duas vezes contra o gol de Luiz Fernando. Na mais perigosa delas, Thiago Santos bateu de fora da área e a bola passou ao lado direito da meta com desvio. Com o meio mais qualificado, a equipe comandada por Martelotte tentava com André e Paulinho acionar os homens de frente. Além disso, Didira e Chiquinho se movimentavam bastante, invertendo posição no gramado vez ou outra.

Já com mais presença no setor ofensivo, o Santa só veio assustar o gol defendido por Remerson, aos 28. Em cobrança de falta, Chiquinho carimbou o travessão sergipano. O lance foi crucial para a melhora do time na etapa inicial, e aproveitando o gramado irregular o Tricolor teve outras duas grandes chances. Na primeira, Lourenço finalizou de longe e após o quique da bola no campo, o arqueiro visitante espalmou para escanteio. Porém, aos 42 não teve jeito. Depois de boa troca de passes, Chiquinho chutou de longe e o goleiro do Tremendão da Serra viu a pelota passar sob seu corpo e colocar os pernambucanos em vantagem.  

Na etapa final, o Itabaiana voltou disposto a empatar o duelo para tentar a sorte nos pênaltis. Entretanto, sem eficácia, pouco assustou a meta de Luiz Fernando. Bem organizado, o Santa não se afobou, e na primeira boa ida ao setor ofensivo encaminhou a classificação. Toty recebeu na direita e achou Chiquinho na entrada da área. O camisa 10 levou no fundo, cruzou, e depois do desvio de Remerson, a bola sobrou para Lourenço empurrar para as redes. No fim, Thiago Santos ainda perdeu a chance de diminuir o marcador, mas cobrou um pênalti para fora.   

Ficha do jogo

Santa Cruz 2
Luiz Fernando; Toty (Augusto Potiguar), William Alves, Célio e Perí (Denilson); André, Paulinho, Didira (Tinga) e Chiquinho; Lourenço (Bileu) e Victor Rangel (Pipico). Técnico: Marcelo Martelotte.

Itabaiana 0
Remerson; Grafite, Diego Bispo, Hugo e Paulinho; Jacobina, Téssio e Batata; Harrison (Pedro Henrique), Ila e Thiago Santos. Técnico: Maurílio Silva.

Estádio: Arruda (Recife/PE)
Árbitro: Jose Henrique de Azevedo Junior (MA);
Assistentes: Antonio Adriano de Oliveira (MA) e Antonio Fernando de Sousa Santos (MA)
Gols: Chiquinho, aos 42′ do 1T e Lourenço, aos 14′ do 2T (STA)
Cartões amarelos: Luiz Fernando, Chiquinho (STA); Paulinho, Thiago Santos, Diego Bispo, Rafael Assis (ITA)