Pilotos de voo livre de 11 países, incluindo o Brasil, se reuniram a partir desta segunda-feira, 14 de Outubro de 2019, no interior do Rio Grande do Norte para tentar um novo recorde mundial. Eles tentarão sair voando de Parelhas, a 241 quilômetros de Natal, e só aterrissar no Estado do Piauí.

A ideia é superar o atual recorde, que pertence a uma equipe brasileira, e é de 564 quilômetros de voo só com as correntes de vento e as térmicas que são comuns no Rio Grande do Norte devido ao clima do estado.

Os atletas ficarão no Rio Grande do Norte até dia 10 de novembro. Além de quebrar o recorde mundial – objetivo principal da aventura – todos os participantes querem também quebrar seus recordes pessoais e de seus países de origem.

Participarão do desafio 15 pilotos do Brasil, Alemanha, Polônia, Eslovênia, Itália, República Tcheca, França, Japão, Portugal, Hungria e Suíça. Além de Parelhas eles também tentarão voos nas cidade de Assu e Patu, também no Rio Grande do Norte.