Quadrilha formada por filhos de empresários é presa em Teresina-PI por praticar assaltos

 Quadrilha formada por filhos de empresários é presa em Teresina-PI por praticar assaltos

A Polícia Civil do Estado do Piauí está investigando a atuação de uma quadrilha formada por jovens, filhos de empresários e comerciantes – que juntos – realizam assaltos e arrombamentos a veículos em Teresina.

Três suspeitos foram presos ontem pelo Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais. Eles atuam em grupo e são de família de classe média alta da capital piauiense.

O chefe de investigação do 2º DP, Feliciano Sobrinho informou que a quadrilha atua em bairros da zona leste de Teresina e no Bairro Dirceu Arcoverde, zona sudeste.

“Eles são jovens de classe média alta, sem usar drogas são rapazes tranquilos, mas quando usam drogas são terríveis, espancam vítimas, assaltam principalmente nas zonas leste e sudeste”, disse Feliciano.

Nas redes sociais, eles já foram batizados de  os “Playboys da Zona Leste”.

Segundo o chefe de investigação, a delegacia investiga o grupo. Três foram presos, mas a polícia já identificou que o bando é composto de pelo menos oito rapazes.

Os três jovens suspeitos foram presos em uma abordagem da polícia, realizada pelos policiais da Rone. No veículo em que andavam, foi encontrada uma arma de fogo e vários pertences pessoas de supostas vítimas.

A prisão aconteceu na Avenida Petrônio Portela, no Bairro Primavera, na Zona Norte de Teresina, depois que os policiais foram avisados pelo 190 de que o trio estariam realizando vários assaltos e que estariam em um Golf, cor prata de placa NXU-6587, placa da Paraíba.

“Estávamos já com as informações sobre o carro e ao abordar os ocupantes foram encontrados a arma, dinheiro e pertences pessoais das vítimas. Duas das vítimas foram localizadas. Uma delas falou do uso da arma em assalto. Os suspeitos quando observados não aparentam o ‘perfil’ de quem faz isso por ‘necessidade’, não que há necessidade que justifique. Pela aparência não são pessoas que precisam fazer isso para adquirir aquele bem roubado”, comentou o comandante da Rone, major Newmarcos.

Eles foram identificados como: Alex Fabiano Jaques Filho, Artur Alencar do Nascimento e Rennê Nóbrega de Queiroz Campelo.

Com eles foram apreendidos: um revólver calibre 38, carregado com cinco munições, o veículo, R$ 629 em dinheiro, vários cartões de crédito e de bancos, três controles de portões automáticos e vários pertences pessoais de vítimas.

(*) Caroline Oliveira , Carlienne Carpaso e Yala Sena, Cidade Verde

Reinaldo Barros Torres

Editor do Tribuna do Nordeste

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *