Processo de cassação do prefeito de Barras: Justiça ouve testemunhas

 Processo de cassação do prefeito de Barras: Justiça ouve testemunhas

Edílson Sérvolo, prefeito de Barras. 
Barras (PI) – Após cinco adiamentos, as testemunhas arroladas no caso das passagens de ônibus recolhidas pela juíza eleitoral Zelvânia Márcia no dia da eleição foram finalmente ouvidas na manhã e tarde desta segunda-feira (8). Os depoimentos do processo que pode levar à cassação do mandato do prefeito Edilson Sérvolo estão sendo colhidos no Cartório Eleitoral de Barras
As audiência servem para dar cumprimento a liminar concedida pelo Juiz Dioclécio Sousa e Silva, do Tribunal Regional Eleitoral ,que determinou o comparecimento de todas as testemunhas, inclusive as arroladas pelo Ministério Público Eleitoral, independente de intimação.
Edilson Sérvolo de Sousa e Osires Bona Júnior, prefeito e vice-prefeito de Barras estão sendo investigados em Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE em razão da apreensão, na presença da então Juíza Eleitoral Zelvânia Márcia Batista Barbosa e do Oficial de Justiça Iran Fernandes dos Santos, de 98 bilhetes de passagens nas dependências da Loja La Luma, de propriedade da irmã de Edilson Capote, às vésperas das eleições do dia 07 de outubro de 2012; a apreensão de 427 tickets prontos para serem grampeados a bilhetes de passagens de ônibus; a apresentação perante a Promotoria Eleitoral de 03 ticket’s contendo itinerário de viagens de Barras à Teresina e vice-versa e de 03 bilhetes de passagens da empresa de ônibus F.Cardoso com as numerações de 3069 a 3071 contendo a rubrica de Bruna Tamires de Sousa Rodrigues. 
(*) Socorro Carcará, longah.com

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *