Manifestantes de partidos de esquerda, pediram neste sábado, 23 de Janeiro de 2021, o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Brasília. O ato foi impulsionado por partidos de esquerda. Com a presença de representantes da oposição ao governo, como PT e PC do B, a carreata ocupou uma área superior a 10 quilômetros da capital federal, inclusive faixas da Esplanada dos Ministérios.

Também houve protesto em favor do impeachment de Bolsonaro em outras cidades pelo país, como Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Salvador (BA). Alguns ainda estão previstos para a tarde deste sábado. Há novas manifestações agendadas para este domingo (24).

Lideranças da esquerda, como Ciro Gomes (PDT), divulgaram a manifestação ao longo da semana. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), esteve à frente do protesto em Brasília. Em discurso antes da carreata, ela negou que um processo de impeachment irá gerar instabilidade política no país. “A instabilidade já está acontecendo e a crise está grave”.