Analisando a distribuição da população nos municípios, percebemos que duas cidades piauienses (Teresina e Parnaíba) concentram mais de 30% da população total do Estado.  Os dados foram publicados pelo IBGE nesta quarta-feira, 28 de Agosto de 2019.

O IBGE estima que a população de Teresina em 2019 seja de 864.845 habitantes. Isso significa 3.403 pessoas a mais que no ano passado, um crescimento de 0,39%.

Teresina concentra 26,42% da população total do Piauí. É a cidade mais populosa do Estado. Depois dela vem Parnaíba, com 153.078 habitantes, representando 4,67% da população total, e Picos, com 78.222 habitantes, equivalente a 2,39% do total. 

E 42,73% da população do Piauí está concentrada em 9 municípios, cuja população é superior a 40 mil habitantes. Veja abaixo:

Menos populosos

O município menos populoso do Piauí é Miguel Leão, com 1.246 habitantes, representando 0,04% do total da população do Estado. No Piauí, 71,43% dos municípios, juntos, detêm 26,22% da população. São os municípios que não chegam a 10 mil habitantes e, por isso, recebem menos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Dez municípios do Piauí têm menos de 3 mil habitantes. São eles:

– Miguel Leão: 1.246
– Santo Antônio dos Milagres: 2.161
– Olho D’água do Piauí: 2.459
– Pedro Laurentino: 2.536
– Aroeiras do Itaim: 2.551
– Floresta do Piauí: 2.558
– Porto Alegre do Piauí: 2.710
– Lagoinha do Piauí: 2.845
– São Félix do Piauí: 2.942

FPM

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

As populações dos municípios foram estimadas por procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos munícipios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010) e ajustadas. As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de hoje, 28 de Agosto de 2019.