A editoria de esporte do Tribuna do Nordeste esteve acompanhando a realização da edição de 2018 do Campeonato Rei dos Reis Sub-11, disputado com clubes dos estados do Piauí e Maranhão, cuja final aconteceu na manhã de ontem, Domingo, 6 de Maio, no Estádio Miguel Lima, em Timon, cidade do Maranhão.

A decisão do III Campeonato Rei dos Reis foi disputada pela Sociedade Esportiva Garra e o Bebeto-Fênix, conhecidas agremiações de Teresina-PI, acostumadas a disputarem competições de base em vários estados brasileiros e formadoras de talentos juvenis que hoje desfilam em gramados de vários estados e em clubes como: Grêmio-RS, Internacional-RS, Avaí-SC, Atlético-PR, Jacuipense-BA, Barra-SC, TAC-RS, Guarani de Campinas-SP, Corinthians-SP, Cruzeiro-MG, Ceará, para não citar tantos outros. Na grande final Sub-11 de ontem, o  Bebeto-Fênix foi o campeão ao vencer o Garra por 2 a 1.

Foram muitos os talentos que desfilaram pelos gramados. Todos os clubes apresentaram atletas de elogiável valor técnico. Mas a editoria de esporte do Tribuna do Nordeste resolveu apontar o meia Luis Eduardo, apelidado pelos colegas de “Messi”, como o craque da III Copa Rei dos Reis. O apelido de Messi não é nada de exagerado, podem crê! Jogadas desconcertantes, dribles espetaculares, passes perfeitos, ótima visão de jogo e sempre balançando as redes adversárias, são qualidades pra lá de avantajadas desse menino prodígio do futebol piauiense, que se tiver oportunidades em grandes centros do futebol brasileiro, muita gente ainda irá falar no seu nome no futuro.

Na final da III Copa Rei dos Reis o “Messi Piauiense” não marcou gol, mas fez o público das arquibancadas do Estádio Miguel Lima vibrar com suas belas jogadas. No final do jogo, muitos fãs se aproximaram do “Novo Messi” para tirar fotos. Até o editor do Tribuna do Nordeste, jornalista Reinaldo Barros Torres, também não se conteve e foi tietar o craque Luis Eduardo, fazendo uma selfie com ele.

Perguntado por nossa reportagem sobre o apelido de Messi, Luis Eduardo não pensou duas vezes e disse: “Muita gente diz jogo parecido com o Messi, as pessoas até me chamam mais de Messi que Luis Eduardo. É uma comparação legal, espero que Deus me ajude para que no futuro eu seja tão famoso no futebol quanto ele”, finalizou rindo.

Já o treinador Alison disse: “O Luis Eduardo é uma joia rara, ele é o cérebro do time, além disso tem simpatia de sobra, onde anda todo mundo gosta dele. De fato faz sucesso como atleta e como pessoa. Torço para que Deus o ilumine e que ele consiga ser um grande jogador de futebol no futuro, reconhecido em todo o Brasil e quem sabe, até mesmo no mundo como o argentino Messi”.

Abaixo, fotos de Luis Eduardo, o “Messi”, melhor jogador do III Campeonato Rei dos Reis.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos, criança, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre e close-up

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Curta a página do Tribuna do Nordeste na rede social Facebook, clique no linque a seguirhttps://www.facebook.com/tribunadonordeste/?ref=br_rs