Não era nem para Jandson estar em quadra. Com uma lesão na virilha ainda pelas semifinais do Piauiense de futsal, o pivô do JES tinha em dúvida sua escalação. O técnico Leonardo Silva acreditou no atleta e com a liberação do departamento médico bancou a participação do jogador de 27 anos na final do primeiro turno do estadual, realizada na noite desta Terça-feira, 6 de Novembro de 2018, no Ginásio Verdão, em Teresina. E valeu todo o esforço. Com dois gols de Jandson – um deles, golaço – o JES bateu a AABB por 5 a 2 e foi campeão invicto, garantindo presença na grande final.

Confirmado no vestiário, pivô vira herói, faz dois e leva JES ao título do 1º turno do Piauiense de futsal

Jandson fez o gol do título

– Agradecer à equipe que se empenhou e conseguimos efetuar o que estava planejado. Agora vem o segundo turno, precisamos entrar mais forte ainda. Queremos ser campeão invicto. Estou me sentido abençoado, vinha de lesão e ajudei minha equipe com dois gols. Até minutos antes era dúvida, mas o treinador acreditou. Quero agradecer a ele pela oportunidade – comentou Jandson. Em nenhum momento, a gente achava que o placar seria fácil. Do outro lado tinha a equipe da AABB, fortíssima. Foi um jogo equilibrado, estávamos preparados de forma física e tática, principalmente emocionalmente. Soubemos lidar com as emoções, a situação adversa que o jogo estava. Nas oportunidades, fizemos os gols que deram tranquilidade – comemorou Jandson.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

(*) Com informações e fotos do Globoesporte/PI