Wellington Dias parece julgar que a senadora Regina Sousa (foto) poderia vir a se tornar uma ótima companheira de governo. Mas certamente seu marketing não entende que ela seja uma boa dobradinha de campanha. Se não fosse assim, o nome dela estaria em todas as peças de publicidade eleitoral nas redes sociais.

Tanto não está que a Justiça determinou que essas publicações sem o nome da vice petista fossem retiradas do ar. A decisão foi do juiz auxiliar José Gonzaga Carneiro, na última quarta-feira, 22 de agosto.

A propaganda retirada do ar trazia a imagem de Wellington Dias, o nome dele e nada do nome dela. A coligação “Piauí de Verdade”, do candidato Luciano Nunes (PSDB) foi quem representou o problema à Justiça.

Regina Sousa, candidata a vice-governadora na chapa de Wellington Dias é senadora pelo PT do Piauí. Na verdade ela era a primeira suplente e assumiu com a eleição do então senador Wellington Dias para governador do Piauí. Agora, novamente nas costa do “companheiro”, ela poderá chegar a ser vice-governadora, mas sua indicação tem uma rejeição alarmante, especialmente devido a sua postura como senadora, que sempre foi alvo de deboches da mídia nacional.

(*) Com informações da Política Dinâmica