Na semana passada o treinador de futebol Vanderley Luxemburgo ao falar da qualidade do jogador de futebol nordestino e da grande quantidade de atletas que saem do futebol da Região Nordeste para grandes clubes brasileiros, usou a seguinte expressão: “Só do Piauí saem carradas de jogadores todo mês”.  A entrevista de Luxemburgo foi feita em Alagoas para o site Globo Esporte, transcrita para o Tribuna do Nordeste e também neste portal de notícias chamou muita atenção, fazendo com que tivesse mais de 25 mil acessos únicos.

Há quinze dias clubes amadores de Teresina disputaram em Coroatá-MA a Copa Show de Bola nas categorias Sub-11, Sub-13 e Sub-15. Para essa competição no Maranhão foram convidados avaliadores técnicos do Flamengo-RJ e Atlético-MG. Um dos clubes piauienses presentes em Coroatá-MA foi a Sociedade Esportiva Garra, sediada em Teresina, agremiação conhecida em todo o Brasil por revelar talentos juvenis para a base de grandes clubes nacionais.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Paulo, garoto piauiense disputado pelo Flamengo-RJ e o Atlético-MG

O zagueiro Paulo, 13 anos, da Sociedade Esportiva Garra, passou tanto na avaliação técnica do olheiro do Flamengo-RJ como na avaliação técnica do olheiro do Atlético-MG.  A partir daí o clube carioca e o mineiro passaram a travar uma “briga” nos bastidores, cada um querendo ficar com o zagueiro Paulo. As propostas apresentadas pelo Atlético-MG conseguiram seduzir a família de Paulo e as famílias de mais três jogadores Sub-13 do Garra-PI, também aprovados pelo observador técnico do Galo Mineiro.  O Flamengo-RJ ofereceu alojamento para Paulo, mas o Atlético-MG foi mais além: ofereceu um apartamento mobilhado e alimentação para Paulo e os três jogadores que também passaram na avaliação do observador do Galo: Wanderson Felipe (lateral-esquerdo), Armando (atacante) e Zé Neto (meia). No acordo entre o Atlético-MG e as famílias dos jovens atletas, também conta quem um adulto teria que viajar com os quatro jogadores e ficar morando com eles no apartamento, até que os mesmos completem 14 anos de idade e possam ficar alojados na “Cidade do Galo”.

Na madrugada desta Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018, os jogadores Paulo, Wanderson Felipe, Zé Neto e Armando, pegaram voo no Aeroporto Petrônio Portella, em Teresina, rumo a Belo Horizonte-MG e já estão no apartamento oferecido pelo Atlético-MG, acompanhados do treinador Walbert Lopes (do time Sub-17 da Sociedade Esportiva Garra).  Walbert Lopes é a pessoa credenciada pelos pais dos quatro atletas para ficar responsável por eles em Minas Gerais e morar com os mesmos no apartamento cedido pelo Atlético-MG.

Na tarde desta Segunda-feira, 20 de Agosto, os quatro garotos piauienses serão apresentados a comissão técnica Sub-13 do Clube Atlético Mineiro.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e atividades ao ar livre

Wanderson Felipe

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, criança, grama, atividades ao ar livre e natureza

Armando

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

Zé Neto

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos

Paulo, Zé Neto, Wanderson Felipe e Armando em Belo Horizonte-MG, no condomínio onde o Atlético-MG disponibilizou apartamento para eles morarem