Na tarde deste Domingo, 15 de Abril de 2018, o Altos fez a festa diante da sua torcida no Estádio Felipe Raulino, cidade de Altos, 42 mil habitantes, distante 40 quilômetros de Teresina, quando venceu o River Atlético Clube por 4 a 2, tornando-se bi-campeão piauiense, já que foi também campeão em 2017. Superior ao adversário em todo o jogo o Jacaré provou mais uma vez sua supremacia no futebol piauiense nos últimos anos. Ninguém é maior que Altos!

A taça do Campeonato Piauiense continua na cidade de Altos, que abraçou pelo segundo ano consecutivo o time da Associação Atlética de Altos.  No jogo de ida da final, River e Altos  empataram em 0 a 0 em Teresina. O Altos time de melhor ataque do estadual – foram 28 gols em 14 jogos – e do artilheiro (Manoel, com 11 gols) mostrou toda sua força no último jogo da final: com um minuto, abriu o placar. Aos 8, fez 2 a 0. Permitiu o empate do Rive em 2 a 2, mas contou com Dos Santos e Esquerdinha para fechar o placar em 4 a 2.

Fundado em 2013 o Altos continua entre os grandes do futebol do Piauí e tem arrancada espetacular: campeão da Série B em 2015, vice da primeira divisão em 2016 (não foi campeão porque perdeu no tapetão por ter escalado um jogador irregular) e agora bi do estadual, 2017/2018.

 

TÉCNICO BI-CAMPEÂO

Paulinho Kobayashi (foto abaixo) retornou ao Altos depois da saída de Waldemar Lemos. O treinador colocou seu estilo agressivo de ataque no time e conquistou sua segunda taça de Campeão do Piauiense. Em 2017, ele também esteve com o grupo. Aliás, praticamente metade do Altos é o mesmo do ano passado: Vagner, Leone, Marconi, Dos Santos, Manoel, Esquerdinha, Joelson, Alex Mineiro…

(*) Com informações e fotos do Globoesporte/PI