Pai de Fernanda Lages desabafa: “Polícia Federal veio para burlar o caso”

 Pai de Fernanda Lages desabafa: “Polícia Federal veio para burlar o caso”

O pai de Fernanda Lages Veras, Paulo Lages Veras (na foto, de camisa branca), revelou hoje (20 de Setembro de 2012) no telejornal Notícia da Manhã, da TV Cidade Verde/SBT,  que as investigações da Polícia Federal sobre a morte de sua filha caíram no seu descrédito há pelo menos seis meses. O inquérito final da morte da estudante de Direito nascida na cidade de Barras/PI, encontrada morta em 25 de agosto de 2011, nas obras do Ministério Público Federal (MPF), em Teresina, será divulgado nesta quinta-feira(20). 

“Meu descrédito perante a PF, foi dizimada na última vez que o delegado Freitas esteve na minha casa, há cinco ou seis meses, que ele veio falar que as lesões na Fernanda foram em decorrência da queda. Ele não entrou no caso desde o início, tenho pra mim que veio parta burlar alguma coisa, para cobrir, não sei não quero acusar ninguém, principalmente da polícia. Mas, há seis meses já não acreditava na PF. Foi um crime hediondo que aconteceu dentro da sociedade, que tem algum político poderoso que tem artimanha e proteção tanto na escala estadual quanto na federal”, desabafou o Paulo. 
O pai da estudante questionou as ações da filha na noite. “Eu falava com minha filha Fernanda todas as noites. Naquele dia falei com ela às sete horas, será que simplesmente ela enlouqueceu? Uma menina alegre que gostava de trabalhar, passear, estudar”, questionou o pai. 

Paulo Veras disse que em relação ao que tem saído na mídia desde ontem, sua expectativa é quase zero de positivo. “Nós não podemos ter uma expectativa boa. Absolutamente não recebemos uma simples ligação da PF”, afirmou.

Acompanhe o desfecho do caso, ao vivo, pela TV Cidade Verde/SBT, clique no link a seguir: http://www.cidadeverde.com/aovivo.html



Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *