Em um vídeo, a jovem piauiense Luanna Castro fala que o candidato a Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), merece a morte, assim como outros que ela chama de ‘fascistas’.

“Todo fascista merece morte, Hittler, Trump, Bolsonaro, essa laia de fascista merece morte, faca pra ele foi pouco, tinha que ter matado”, diz no vídeo, espalhando ódio contra o capitão reformado do Exército Brasileiro.

“Eles não vão me calar, não tenho medo de fascista, quero é beber sangue de fascista, morte a todos os fascistas, Marighella matou foi pouco, ficou um curral aqui”, completa.

ASSISTA:

Luanna Castro, que é uma ferrenha defensora da candidatura de Ciro Gomes (PDT) e  não poupa comentários de ódio contra seus opositores, em determinados momentos de forma muito desequilibrada e fanática.

O candidato a deputado federal Alexandre Frota (PSL), chegou até a se manifestar sobre as agressões da piauiense, que para ele deve estar no mesmo nível psicológico do homem que esfaqueou Bolsonaro em Minas Gerais, ou seja: de fanatismo extremo.

Luana Castro  também se manifestou sobre a repercussão e disse que seu vídeo foi distorcido, veja post abaixo.

(*) 180graus