Há vários dias internada numa das UTI’s do Hospital São Paulo, em Teresina, após se submeter a uma cirurgia cardíaca e em seguida sofrer um acidente vascular cerebral – AVC, a barrense Lourdes Dodó teve melhora e foi conduzida a sua residência em Barras, situada nas proximidades da Praça Mártir Gregório, Bairro Pequizeiro. No final da tarde desta Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017, ela veio a óbito.
Lourdes Dodó tem um grande histórico de ações em Barras, tanto como líder comunitária como nos bastidores do política partidária. Já foi candidata a vereadora, assessora da Prefeitura de Barras na gestão de José de Ribamar Cabelouro, presidente de associação de moradores e seu último trabalho social foi apresentando um programa de variedades na Rádio Clube de Barras.
Seguidora política de José Ribamar Cabelouro e Manim Rego, sempre defendeu as causas também defendidas por esses dois líderes políticos.
Lourdes Dodó entrou para a história da Terra dos Governadores por ainda ter se tornado a primeira mulher barrense a jogar futebol (num time local) e a ser também a primeira árbitra de futebol do município. Deixa filhos e netos.
O corpo de Lourdes Dodó está sendo velado em sua própria residência e será enterrado no campo santo do Cemitério São José, localizado há poucos metros da sua casa,  local onde ela e outros familiares eram encarregados da limpeza dos jazigos de algumas famílias da cidade.