O futebol da Argentina não deixa de revelar talentos. Entre tantos grandes nomes que fizeram história no belo país sulamericano e em outras nações, as gerações de jogadores de futebol que atualmente estão entre os 13 e 17 anos chamam atenção. São muitos os garotos que desfilam nos gramados em competições de categorias menores, que são tidos como joias raras e vistos como promessa para um futuro próximo.

Há alguns dias a reportagem do site de notícias Tribuna do Nordeste e da TV Tribuna do Nordeste, divulgou o talento do Leo Coira, 14 anos, jogador do Boca Juniors com passagem pelo Real Madri e tido como “o novo Messi”. Hoje nossa reportagem conversou com o não menos talentoso Maximo Britos, 15 anos, também promissor atleta do Boca Junior.

Maximo Britos tem 15 anos, está no Boca Juniors deste 2019 e antes defendia o Fênix, clube da B Metropolitana da Argentina. Em entrevista ao jornalista Reinaldo Barros Torres, do site de notícias brasileiro Tribuna do Nordeste e a TV Tribuna do Nordeste, Maximo Britos disse que joga futebol desde os 5 anos de idade. Além de jogador da base Sub-15 do Boca Juniors, Máximo Britos se declara um torcedor apaixonado pela agremiação que defende.

De bom porte físico e muita força e habilidade, atuando na ponta direita do time Sub-15 do Boca Juniors, Maximo Britos tem arrancado elogios, em especial daqueles que vislumbram o futuro do futebol argentino, conhecido em todo o mundo pela classe, elegância e raça.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sapatos
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e close-up
Tribuna do Nordeste