O presidente Jair Bolsonaro foi o último dos chefes de Estado a sair do Palácio Legislativo de Montevidéu, após a posse do novo presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou, neste domingo (1º).

Diferentemente dos outros, que entraram diretamente nos seus veículos, Bolsonaro acenou para o público do lado de fora, que estava isolado por barras de metal. Ele foi aplaudido por muitos. A cerimônia de posse de Lacalle Pou teve a presença de congressistas, ministros e outros chefes de Estado, como o rei Felipe da Espanha, Mario Abdo Benítez (Paraguai) e Sebastián Piñera (Chile), além da mulher, dos filhos e do pai de Lacalle Pou, o ex-presidente Luis Alberto Lacalle. Em seu discurso, o novo chefe de Estado uruguaio elogiou o fato de que desde a redemocratização do país, em 1985, “todos os presidentes terminaram seus mandatos e transmitiram o poder de modo democrático”.

Lacalle Pou, de 46 anos, do tradicional Partido Nacional, disse não querer que sua posse seja lembrada pela “troca de uma metade pela outra da sociedade”, em alusão ao fato de a Frente Ampla passar para a oposição pela primeira vez em 15 anos.Após discursar aos legisladores, Lacalle Pou se dirigiu à Praça Independência em um Ford V8 de 1937, que pertencia ao seu bisavô Luis Alberto de Herrera, um líder histórico do Partido Nacional.

Resultado de imagem para bolsonaro no uruguai
Tribuna do Nordeste