O professor Raimundo Nonato Monteiro de Santana faleceu na manhã desta sexta-feira (15) aos 92 anos. Professor Santana foi economista, pesquisador e grande intelectual.

Dedicou-se aos estudos sobre a história política, cultural, econômica, social e sindical do Piauí, e incentivou a realização e a publicação de livros. Recebeu o título de Professor Emérito da UFPI pelo Conselho Universitário (CONSUN) em 15 de fevereiro de 2000.

O velório acontece desde às 11 horas de hoje, na Capela do Cemitério Jardim da Ressurreição. O seputalmento será às 17 horas no Jardim da Ressureição.

Biblioteca

Em fevereiro deste ano, foi assinado o convênio entre a Universidade Federal do Piauí (UFPI), Academia Piauiense de Letras (APL) e Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Fundação Cepro) para a execução do projeto “Biblioteca Piauiense Professor Raimundo Nonato Monteiro de Santana”.

A biblioteca vai permitir acesso a obras sobre a realidade socioeconômica, política e cultural do estado, além de resgatar publicações esgotadas e viabilizar a edição de obras nunca publicadas. Será composta por quatro séries: Ensaios Pioneiros, Estudos Contemporâneos, Teses e Dissertações, bem como a Obra Completa do Professor Santana.

APL

O professor ocupava a cadeira 32 da Associação Piauiense de Letras (APL), que emitiu nota de pesar pelo falecimento.

“É com profundo pesar que a Academia Piauiense de Letras, consternada com o falecimento do acadêmico Raimundo Nonato Monteiro de Santana, solidariza-se com os familiares e diversos amigos que nosso confrade deixa nesse plano”.

Raimundo Nonato Monteiro de Santana

(1926). Primeiro e Atual Ocupante da Cadeira nº 32 da APL. Presidente da APL.

Político, professor e escritor, nascido em Campo Maior, Estado do Piauí (1926). Bacharel em Direito pela Faculdade do Ceará (1949). É diplomado, também, pelo Institudo Superior de Estudos Brasileiros, em Economia Política e Sociologia. Ex-professor catedrático de Economia da Universidade Federal do Piauí. Lecionou, também, na Universidade Federal de Brasília e na Escola Superior de Guerra.

Foi Prefeito Municipal de sua terra natal no período de 1951-1955. Na sua área de especialização profissional e cultural exerceu os mais importantes cargos e funções em nosso Estado, entre os quais destacamos: vice-diretor do escritório regional da SUDENE e secretário de Planejamento do Estado. O Escritor. Fundou o Movimento de Renovação Cultural do Piauí (1960) e o Centro de Estudos Piauienses (1957). Trabalha atualmente com o objetivo de fundar a Fundação de Apoio Cultural do Piauí.

O professor Raimundo Santana desde jovem é inegavelmente um batalhador incansável em prol do desenvolvimento de nossa cultura. Pertence à Academia Piauiense de Letras cadeira nº 32, da qual foi seu Presidente.Membro do Conselho Estadual de Educação e do Instituto Histórico e Geográfico Piauiense.

Bibliografia: O Desenvolvimento Econômico Nacional na Teoria Econômica Geral, tese, 1959; Aspectos de Uma Ideologia para o Desenvolvimento; Introdução à Problemática da Economia Piauiense, 1957; A História da Obra de José de Alencar; A Evolução Histórica da Economia do Piauí, 1964; Vale do Longá e Perspectiva Histórica do Piauí, 1965, e Piauí: Formação – Desenvolvimento – Perspectivas, 1995