Sendo destaque do empate entre Ceará e Fortaleza, Felipe Alves foi para o jogo, e fez grandes defesas mesmo sabendo da morte do seu Pai, Maurício de Jesus, que morreu na manhã desse último sábado (20), no dia do Clássico-Rei.

O pai do arqueiro foi mais uma das vítimas do COVID-19, que já matou mais de 290 mil pessoas no país. Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, afirmou que a notícia foi repassada para Felipe Alves que, emocionado, optou por entrar em campo.

“Decidi jogar porque esse, com certeza, seria o desejo do meu pai.”

Com ótimas defesas, o arqueiro foi o melhor jogador da partida.

Foto: João Moura. 

Por Eduardo Pacheco, correspondente do Tribuna no Nordeste Ceará.

#tribunadonordeste #luto #classicorei #ceara #fortaleza #felipealves #pai #covid