Alfredo Barbosa (atual vice-prefeito), ex-prefeito Joaquim Lucas, JoãoTorres (ex-vice-prefeito) e o ex-prefeito José Cabelouro (dono das terras invadidas).
       

Barras (PI) – Dezenas de pessoas  invadiram  um terreno de quatro  hectares  pertencente ao ex-deputado estadual e ex-prefeito de Barras, José Ribamar Cabelouro. As terras ficam localizadas na zona urbana,  entre a Vila Esperança, Vila João Paulo II e o Bairro Galdinal, nas proximidades da torre e transmissor da Rádio AM Clube de Barras, também pertencente ao citado politico.
A Policia Militar  foi chamada para  tentar evitar a invasão. O caso será resolvido na Justiça, o que  deverá acontecer na próxima Terça-feira (7). José Ribamar Cabelouro garante que tem toda documentação do terreno e que a mesma está em dia.
De acordo com as primeiras informações, não há sem-teto entre os invasores, o que leva José Cabelouro a acreditar que a invasão tenha sido orquestrada por  alguns dos seus adversários politicos com o intuito de prejudicar a eleição do seu candidato a prefeito Edilson Sérvulo, que tem como vice o odontólogo Ozires Bona Júnior, genro de José Ribamar Cabelouro.
“Essa é a primeira vez que  se ouve falar de invasão de terra em Barras. Por que que essas pessoas não invadiram outros terrenos? Alguns terrenos encontam-se abandonados e sem cerca. Isso é coisa dos meus adversários politicos. Agora, se esses invasores quizerem morar nesse terreno eu retiro a torre da rádio de lá e eles terão que comprar essa terra. Pode ser inclusive através da Caixa Econômica para construir um conjunto habitacional pelo Programa do Governo Federal intitulado Minha Casa Minha Vida”, disse o ex-prefeito e ex-deputado estadual.
(*) Reportagem de Juarez Santos com edição da Tribuna de Barras