Dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Governo do Piauí mostram que o Estado teve 2.811 casos de Aids em adultos nos últimos cinco anos. O maior percentual está entre jovens de 20 a 34 anos.
Nessa faixa etária foram 1.295 casos. Há predominância também entre os declarados heterossexuais, com 64,28% dos casos. Os declarados homossexuais registram 11,34% e os bissexuais 7,68%.
O levantamento mostra ainda que a maior parte da população infectada tem baixo nível de escolaridade. “Neste sentido, o Piauí acompanha o desenho epidemiológico do Brasil pela tendência de acometer as pessoas com condições sócio econômicas mais desfavoráveis, com menor instrução e carentes de informação sobre a transmissão e prevenção à infecção pelo HIV”, afirma a coordenadora estadual de Doenças Transmissíveis, Karina Amorim.
O boletim epidemiológico e as políticas de prevenção, tratamento e acolhimento para a Aids no Estado serão discutidos no II Fórum Estadual de DST/HIV/Aids, uma atividade alusiva ao Dia Mundial de Luta Contra a AIDS (1º de Dezembro), cujo tema será “Na luta para o fortalecimento de políticas e direitos das pessoas vivendo com HIV/Aids”.
(*) Leilane Nunes, Cidade Verde