O adolescente A. J. A. S.
O adolescente de iniciais A. J. A. S., de 16 anos, usuários de drogas, acusado de estuprar e matar a menor de iniciais A.M.C.S, de 11 anos de idade na cidade de Nossa Senhora dos Remédios,  distante 50 Km de Barras, está em liberdade.  Familiares do marginal menor de idade, temendo pela integridade física do mesmo na cidade de Nossa Senhora dos Remédios, decidiram deixá-lo em Barras, onde aguarda o chamado da Justiça. Ele chegou a confessar o crime.
Segundo Dênis Sampaio, delegado que cuida do caso, o prazo legal de julgamento do menor extrapolou sem que acontecesse o julgamento, por esse motivo o menor foi colocado em liberdade.
Há informações que o menor não poderia ser julgado sem defesa, e a defensoria publica não teria enviado a defesa do menor, informou a promotora de justiça de Nossa Senhora dos Remédios,  Renata Rodrigues, que acrescentou que um menor só pode ficar internado por no máximo 45 dias aguardando julgamento, dessa maneira o juiz não pode julgar.
Enquanto existir a famigerada lei chamada ECA – ESTATUTO DO MENOR, essas atrocidades irão continuar acontecendo. LEI VAGABUNDA – como muitas sancionadas no Brasil nos últimos 20 anos e por essa razão a sociedade já está começando a viver na base do “dente por dente, olho por olho”.
… E agente da imprensa ainda é obrigado por essa LEI VAGABUNDA a não mostrar por total o rosto desse marginal.
(*) Com informações e foto do A Grande Barras

ENTENDA MELHOR O CASO, CLIQUE NO LINQUE A SEGUIR E LEIA MATÉRIA RELACIONADA AO CRIME NO DIA DA PRISÃO DO ASSASSINO PROTEGIDO PELO ESTATUTO DO MENORhttp://www.tribunadebarras.com/2013/11/bandido-menor-de-idade-que-estuprou.html