Está previsto para março de 2019 o lançamento do edital de licitação do Governo do Estado do Piauí para a implantação miniusinas de produção de energia fotovoltaica. O projeto prevê a construção de oito sistemas independentes com capacidade de 5 megawatts cada, em áreas do Estado situadas nos municípios de Caraúbas, Miguel Alves, José de Freitas, Piracuruca, Cabeceiras (norte do Piauí) e Canto do Buriti (sul do Piauí)

A escolha dessas cidades se deu baseada em critérios estabelecidos a partir de estudos de viabilidade. Entre os benefícios para essas regiões, destaca-se a qualificação profissional para a população; geração de emprego e renda; sustentabilidade ambiental e benefícios sociais para as comunidades afetadas.

O governador Wellington Dias apresentou em São Paulo no início do mês de Dezembro a empresários e possíveis investidores o projeto de Parceria Público-Privada para a implantação, operação e gestão de miniusinas de produção de energia fotovoltaica. A proposta é que o estado produza a sua própria energia e a lance na rede de distribuição para que seja compensada com o consumo pelos órgãos do governo, o que representa uma economia inicial de 14%.