“Não me mate, tenho quatro filhos para criar”. Segundo testemunhas entrevistas pelo portal OP9, estas foram as últimas palavras do policial militar Adailton Cristiano da Silva, de 43 anos, assassinado com três tiros na cabeça na região de Vera Cruz, na Grande Natal. O crime ocorreu na noite de sexta-feira, 20 de Setembro de 2019.

Antes de morrer, a vítima foi obrigada pelos bandidos a sair do carro e ficar de joelhos.

O carro não foi levado pelos criminosos, que decidiram matar Adailton após identificar que ele era PM.

O policial foi sepultado neste domingo, 22 de Setembro de 2019, no Cemitário Bom Pastor, com direito a salva de tiros e chuvas de pétalas jogadas pelo helicóptero da Secretaria Estadual de Segurança.