A Polícia Militar do Estado do Maranhão prendeu ao meio-dia desta Terça-feira, 19 de Janeiro de 2019, Pablo Martins Silva, vulgo “D’Menor” (foto), de 18 anos de idade. Ele é acusado de ter matado com tiros na cabeça dois empregados da CEMAR – Companhia Energética do Maranhão, após os funcionários fazerem corte de energia em uma residência.

Segundo testemunhas, os funcionário da CEMAR haviam realizado alguns cortes por débito em ruas do Bairro Sítio Novo, cidade de Paço Lumiar-MA.

O acusado do crime, seguiu a dupla de eletricistas e surpreendeu com tiros na cabeça. Moradores relatam que não houve nenhuma discussão antes da execução.

A CEMAR é que é uma empresa do grupo Equatorial, dona também da CEPISA (no Piauí) e da Celpa (no Pará), distribui nota sobre o ocorrido. Veja abaixo.

Nota de Esclarecimento

A Cemar e o Consórcio Norte, empresa prestadora de serviços, informam que irão acompanhar os trabalhos de investigação pelas autoridades policiais do homicídio ocorrido na manhã desta terça-feira (15), no Sítio Natureza, em Paço do Lumiar, vitimando os colaboradores João Victor Melo e Francivaldo Carvalho da Silva.

Cabe esclarecer que a Companhia e o Consórcio Norte irão acompanhar e colaborar com o trabalho de investigação da polícia, que deverá identificar as causas que levaram ao homicídio.

Neste momento as empresas lamentam e se solidarizam com os familiares e estão empenhadas em prestar toda assistência necessária.

Assessoria de Imprensa da Cemar

(*) Com informações adicionais do Blog do Luis Cardoso, http://luiscardoso.com.br