Água Branca (PI) – Enquanto no Rio de Janeiro integrantes do PT – Partido dos Trabalhadores se organizam para criarem a “Bolsa Crak”, que destinará aos usuários R$ 900 por mês, numa atitude politiqueira e irresponsável, integrantes do Terço dos Homens rezado costumeiramente na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na cidade de Água Branca, 16 mil habitantes, localizada a 96 Km ao sul de Teresina, fizeram na manhã de hoje (3) passeata pelas principais ruas da “Capital Econômica do Médio Parnaíba” procurando sensibilizar as pessoas, as famílias e as autoridades para o alardeamento das drogas em nosso Município e em todos os outros do Médio Parnaíba. A caminhada foi feita com o apoio dos portais de notícias mpiaui.com, acessepiaui.com.br e tribunadebarras.com
Para se ter uma ideia, segundo dados da polícia,  Água Branca detém a triste estatística de ser a quarta cidade do Piauí na venda e uso de drogas, estatística essa confirmada nos últimos dez anos e para muitos conquistada devido ao advento da festa do carnaval, que tem seus fatores positivos, mas na maioria são negativos, sem falar na prostituição também alarmante e na quantidade de meninas que deveria estar brincando com bonecas já tendo vida sexual e muitas delas se prostituindo.  É bom lembrar que todas as cidades do Piauí onde o carnaval se tornou tradicional tem aumentado consideravelmente o número de traficantes, drogados, meninas perdendo a virgindade, prostituição.
O uso de drogas aumentou no Brasil a partir do Governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) quando foi sancionada lei determinando que “qualquer pessoa que manter consigo até 100 gramas de drogas será visto apenas como usuário, como um doente, e não deverá ser preso”. Essa lei fez aumentar a quantidade de drogados nas ruas das cidades do País e prejudicou o trabalho da polícia e das demais autoridades competentes. Quando o usuário de drogas era preso, raramente se via alguém usando drogas em logradouros públicos, algo comum nos dias atuais.
Toda a sociedade organizada, não só a Igreja Católica, deve chamar para si a responsabilidade dessa iniciativa acontecida hoje em Água Branca. As igrejas, as associações de moradores, detém o papel também de formadores de opinião junto à comunidade, daí a importância de terem a responsabilidade de abordarem temas que estão atingindo a sociedade e que merecem maior combate.
Temos em nossa cidade um suntuoso prédio da OAB/PI, mas a o OAB aqui não participa de nada! Temos um suntuoso prédio da Associação Comercial, mas não há também inciativas de cunho social por parte dessa, temos cidadãos empresários da área de shows e festas que indiretamente contribuem para a vinda de traficantes para Água Branca e para o aumento dos usuários devido o tipo de “atrações” que colocam para o público jovem, mas não há iniciativas desses na hora em que a sociedade clama para que seus problemas sejam resolvidos ou amenizados. Na caminhada de hoje (3 de Fevereiro) contra as drogas, por exemplo, não tinha um só deles participando, como também não se viu vereadores, promotor de justiça, juiz de direito, prefeito, vice-prefeito… algumas dessas pessoas com certeza estarão na próxima semana em cima dos seus luxuosos camarotes tomando bebidas caras no carnaval.
Até parece que o povo só tem a imprensa para lhe dar voz e que a sociedade em geral só tem a mesma imprensa para quando quer que seus problemas sejam resolvidos, já que é necessário primeiro a imprensa alardear os fatos, os problemas, para que depois de se sentirem intimidadas e cobradas as autoridades se manifestem.

(*) Misael Lima, direto de Água Branca para o portal tribunadebarras.com