A Polícia Federal deflagrou a “Operação Deus Tá Vendo”, com ação nos três estados brasileiros. De acordo com informações da Polícia, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Igreja Assembleia de Deus, em Itajaí-SC, Ponta Grossa-PR e São Gonçalo-RJ, por fraude em venda de veículos. Na operação, sete aeronaves foram apreendidas pela Polícia Federal.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul também está auxiliando a PF na operação. Segundo o delegado Alvaro Luiz Pacheco Becker, da 2ª DP de Bento Gonçalves-RS, os presos atuavam em associação criminosa, vendendo os veículos por preços abaixo do valor de mercado. Eles alegavam que a Igreja havia recebido os automóveis por meio de uma doação da Receita Federal, por isso poderiam vendê-los por preços menores.

O valor aproximado do golpe gira em torno de R$ 1,2 milhão, tendo mais de 40 vítimas só na cidade de Veranópolis-RS.

(*) Terra