Teresina “ferve” de Agosto de Dezembro, todos os anos!
No primeiro mês do B-R-O-Bró (o dos meses com nomes terminados em bro – Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro), o Piauí atingiu nesta terça-feira (17) a temperatura de 41ºC.
Em Teresina, a capital, teve a temperatura mais alta do ano, também com 41 graus. Em Barras a temperatura diária tem variado entre os 35 e 39 graus, mas a sensação térmica é muito maior!
O desconforto aumentou em todo o Piauí porque a umidade do ar atingiu o Estado de Alerta ficando em 15%; e a radiação solar ficou em 13.
A gerente de Hidrometeorologia da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (Semar), Sônia Feitosa, afirmou que as temperaturas já atingiram os mais altos índices do ano.
“Com certeza, já é a maior temperatura desse ano. E a tendência é de ficar mais alta ainda”, declarou Feitosa.
A estimativa é de que os 40ºC fossem atingidos ainda na terça-feira, marca a ser alcançada ao longo da semana. De acordo com Sônia Feitosa, durante a tarde, mais precisamente até 16h30, é que são registradas as maiores temperaturas e menores taxas de umidade na capital.
Segundo Sônia Feitosa, as chuvas que caíram foram um fenômeno foi provocado por um sistema isolado e não deve se repetir até o início de novembro.
Além do calor, a baixa umidade contribuiu para o clima pesado desta terça-feira. Às 13h, o índice medido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) através de estações de superfície automática chegou a 23%. Esse percentual caiu para 19% às 14h e para 16% uma hora depois e após às 16h ficou em 15%.
Segundo o Cptec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, a umidade do ar entre 20% a 30% é estado de atenção; entre 12%a 20% é estado de alerta e abaixo de 12% é estado do emergência.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta que índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde do homem. No Brasil, entre 21% e 30%, é considerado estado de atenção. De 12% a 20%, caso de Teresina durante a tarde, o estado é de alerta. Abaixo de 12%, a situação é de emergência.
O médico Francélio Mendes declarou que é preciso ter cuidado especial com as crianças e os idosos, os mais atingidos pelos baixos índices de umidade do ar.
É recomendável permanecer protegido do sol, evitar exercícios físicos entre 10h e 16h, usar vaporizadores, toalhas molhadas ou bacias com água nos ambientes e consumir água à vontade.
Os médicos aconselham evitar aglomerações em ambientes fechados e recomendam uso de soro fisiológico para olhos e narinas.
O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) informou que no sul do Piauí, leste do Maranhão e oeste da Bahia predominou o sol. No sudoeste da Bahia ocorreram de pancadas de chuva. No leste do Rio Grande Norte até ao leste da Bahia o tempo nublado.
No litoral de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte ocorreu chuva. No litoral da Bahia e de Sergipe ocorreu variação de nuvens. Nas demais áreas da região o tempo ficou nublado.