A disputa entre Piauí e Ceará em torno da área de litígio na região da Serra da Ibiapaba já virou música. E é música de protesto, mais precisamente contra os dois estados, incluindo um pedido de independência para a Serra da Ibiapaba, tornando-a um novo estado. “Querem tomar a Ibiapaba” é um rap criado pelo Rapper MH, filho de Tianguá-CE que não está gostando nem um pouco da discussão que já chegou ao Supremo Tribunal Federal -STF.

A música do Rapper MH começa com a reprodução do áudio de um trecho do Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde (do Piauí), para contextualizar a disputa. Diante da pergunta do jornalista Joelson Giordani (para o jornalista Fenelon Rocha) sobre quem ficaria com a área de litígio, se Piauí ou Ceará, o rapper é categórico: nenhum dos dois.

O início do rap vai direto ao assunto: “Nem Ceará nem Piauí / Nem Piauí nem Ceará / A Ibiapaba é nossa / Quero ver quem vai tomar”. E acrescenta: “Se for para mudar / Bota o povo para decidir”. Nesse embalo, MH faz um discurso independentista, que sugeriria a ideia de criação de um novo estado incluindo toda a serra. E destaca:

“Só de ouvir essa conversa / O clima já fica quente / Querem decidir / Quem vai mandar na gente // Mandaram até pedir / Um decreto pro presidente / Porra nenhuma / É Ibiapaba independente”. E aproveitar para entoar um grito de mobilização da galera: “Vamos erguer nossa bandeira / No topo da montanha”. O Rapper também denuncia a ambição por trás do movimento, indicando que a disputa teria como motor unicamente o interesse nas riquezas da região.

MH é um rapper bem conhecido no interior do Nordeste. Venceu concursos nacionais, o que o levou a morar por algum tempo em Brasília. Depois retornou para Tianguá-CE, de onde sai para suas apresentações pelo Nordeste inteiro.

Quer ouvir o “Rap do Litígio” (Querem tomar a Ibiapaba)? Então confira abaixo:

(*) Fonte: Fenelon Rocha, portal Cidade Verde