O motorista que derrubou a bomba de um posto de combustíveis na zona zul de Teresina, e depois colidiu com uma estação de passageiros de ônibus coletivo, estaria drogado e dirigia o carro completamente nu na hora do acidente.

Ele foi identificado como Leonardo e estava transtornado após a colisão e foi amarrado por frentistas e outros motoristas que passavam pelo local.

O caso aconteceu por volta de 4 horas da manhã desta Terça-feira, 28 de Agosto de 2018 e um incêndio foi iniciado no veículo, mas foi rapidamente controlado.

O Corpo de Bombeiros chegou ao local e o encaminhou Leonardo em uma ambulância para o Hospital de Urgência de Teresina – HUT.

Algumas testemunhas contaram que ele já vinha da região da zona leste da capital, totalmente transtornado. Leonardo teria dito no hospital que consumiu cerca de R$ 500 de crack sozinho, por isso estava naquela situação.

O homem dirigia o carro na contramão na Avenida Valter Alencar quando atravessou o posto e foi parar em uma das estações de passageiros de ônibus da Avenida Barão de Gurgueia, Bairro São Pedro.

Leonardo estaria numa crise de abstinência e voltou a usar a droga, ficando naquele estado. O homem não falava coisa com coisa quando foi retirado do carro e ainda se recupera no hospital.

O caso continua sendo apurado e Leonardo deve ser ouvido pela polícia quando se recuperar do efeito do crack.

(*) 180 graus