O governador Wilson Martins recebeu ontem uma comissão de integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Piauí (Sinte-PI) para discutir avanços para a categoria. Durante a reunião, Wilson assegurou o pagamento do novo piso salarial dos professores já no mês de janeiro. Com o reajuste, o piso no Piauí passou para R$ 1.965,99, acima do piso nacional do magistério, que será de R$ 1.697,37 em 2014.
“Em relação à questão salarial, o aumento de 8,32% já está no contracheque de janeiro. Continuamos pagando um piso acima do piso nacional do magistério. É o ideal? Ainda não. Mas estamos podendo pagar um salário muito melhor para os professores do que alguns estados ricos”, disse o governador. O aumento atinge 31 mil professores da rede pública estadual.
Dentre as reivindicações do Sindicato estão ainda a realização de concurso público para contratação de professores e alargamento dos níveis estabelecidos no Plano de Cargos, Carreiras e Salário (PCCS) da categoria.
O governador assegurou a realização de concurso para o preenchimento de 2.500 vagas para professor efetivo da rede estadual de ensino. O concurso será realizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), ligado à Universidade Estadual do Piauí (Uespi), e o edital será lançado já no mês de fevereiro.
Em relação ao alargamento dos níveis da carreira de professor da rede estadual, o governador autorizou, durante o encontro, as Secretarias Estaduais da Educação e Administração a realizarem estudo de viabilidade da expansão dos níveis da categoria. “Essa é uma questão importante porque nos permite realizar as promoções, valorizar e estimular a capacitação constante dos nossos professores”, argumentou.