A Defesa Civil da Prefeitura de Barras, norte do Piauí, informou que o Rio Marathaoan antes da chuva da tarde desta quinta-feira, 4 de Abril de 2019, estava subindo 1 centímetro a cada 2 horas. O aumento constante do volume atingiu famílias que moram nas áreas ribeirinhas.

Segundo o jornalista Francisco Vieira, a zona rural de Barras corre o risco de ficar isolada se continuar chovendo nas próximas horas. Na estrada da localidade Muricí (Região do Riacho Verde) o Rio Marathaoan já invadiu a estrada, mas os moradores ainda conseguem passar de um lado para o outro. “O Povoado Isabelinha está praticamente isolado. Na região da Puba, o Riacho Santo Antonio, transbordou na tarde/noite de ontem e invadiu a estrada vicinal que liga toda a região a área urbana de Barras. Na PI 110 (Barras a Miguel Alves), no Povoado São Luis, existe um ponto de alagamento (riacho) que já transbordou podendo isolar a região da Formosa, Três Caminhos, Santa Rosa e demais povoados da região”, relata.

Segundo ele, o receio é que o Rio Longá possa subir mais o nível e represar as águas do Marataoan, tal qual aconteceu em 2009. “Infelizmente se continuar chovendo da forma que está, vamos ter mais consequências, agora é torcer para que haja uma trégua e nossos irmãos barrenses não sofram”, lamentou.

O ano de 2009 registrou a maior enchentes de Barras das últimas décadas.

(*) Com informações e fotos do portal Longah