Sobrenome português toponímico, do latim Miranda “que é para admirar, coisa digna de admiração”. Os membros desta família tomaram o nome da cidade de Miranda, onde tiveram a alcaidaria-mor. É também um sobrenome espanhol, um cavaleiro da casa de Ponce de Leon povoou em Asturias e deu origem a linhagem Miranda, sendo Albar Diaz de Miranda o primeiro a utilizar o nome.