O bom time do Parnahyba. agora com Paulo Moroni como técnico           

Teresina (PI) – No jogo que marcou a estréia do técnico Aníbal Lemos na direção técnica da equipe, o River decepcionou inteiramente e perdeu seu segundo jogo consecutivo, caindo por 3 a 1 para o Parnahyba, na noite desta segunda-feira (28), no Estádio Municipal Lindolfo Monteiro, em Teresina. O resultado manteve o River na quinta colocação, mas, agora, com 5 pontos atrás do quarto colocado. O Parnahyba, por sua vez, voltou a liderar o certame promovido pela FFP.

O River fez um bom primeiro tempo, se movimentando bem, criando várias oportunidades, mas sempre encontrando, no goleiro Ribamar, uma grande barreira a ser vencida. Foi assim até os 40 minutos. Poucas vezes o time do litoral foi à frente, pois a bola estava sempre no seu campo, em poder da equipe tricolor. O principal, porém, o River nao conseguiu – o gol.

Num primeiro tempo onde o placar parecia que ficaria no empate sem gols, eis que ressurge o artilheiro de 2011, Da Silva, camisa 9 do Tubarão. Com a cabeça, ele desvia para as redes uma bola cruzada por Cleiton Cearense. Poucos minutos depois, o mesmo Da Silva teve a chance de marcar o segundo gol.

Penalidade máxima em favor do River. Ele cobrou e a bola bateu duas vezes na trave guarnecida por Elias, com o goleiro riverino praticando a defesa em seguida. Antes que o árbitro encerrasse o primeiro tempo, foi a vez de Gilmar Bahia mandar a bola no travessão tricolor. Nos minuitos finais da primeira etapa, o Parnahyba crescia e começava a mudar a história do jogo. 

Na fase complementar, depois do River muito tentar o gol de empate, foi Fabinho quem marcou, aumentando a vantagem do Parnahyba. Alguns minutos mais tarde, Cleiton Cearense voltou a participar de boa jogada no ataque. O atacante Crislan atrapalhou-se e terminou colocando a bola no seu próprio gol. Para o árbitro Antônio Dib, gol de Cleitton Cearense.

Com 3 a 0 no placar, o Parnahyba passou a esperar o apito final do árbitro. Antes que ele apitasse, porém, falta em favor do River, já nos acréscimos, que Jader transformou em gol, chutando no canto esquerdo do goleiro Ribamar. Com 3 a 1 o jogo foi concluído e o Parnahyba agora é lider isolado do campeonato, com 20 póntos ganhos, enquanto o River permance em 5°.

A principal baixa do jogo foi a contusão do volante Luciano, do Parnahyba, que sofreu uma forte pancada no nariz e saiu de ambulância com suspeita de fratura. Até o momento em que o Parnahyba se preparava para deixar o Lindolfo Monteiro, Luciano encontrava-se no HUT. 

FICHA TÉCNICA

RIVER 3×1 PARNAHYBA (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – Fase Classificatória – 10ª rodada); Data: 28/05/2012 (segunda-feira á noite); Local: Estádio Lindolfo Monteiro (Teresina); Arbitragem; Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Thyago Costa Leitão e Edmilson Timóteo da Silva.
Gols: Da Silva (cabeça) 41 do 1° tempo; Fabinho 35, Cleiton Cearense 40 e Jader (falta) 46 do 2°.

Obs.: Da Silva perdeu um pênalti, aos 45 do 1°, chutando na trave. 

River – Elias; Adriano, Netinho, Laerson Alagoano e Marcelo; Nego Recife, Péricles, Rogério Manaus (Jader) e Piva (Iran Alves); Paulão e Niel (Crislan). Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal Lemos).

Parnahyba – Ribamar; Gilmar Bahia, Erivaldo e Marcos Gasolina; Damisson (Puxinha), Alessandro, Luciano (Totonho), Isael e Cleiton Cearense; Da Silva (Evandro) e Fabinho. Técnico: Paulo Ricardo Moroni. 

(*) Site do Buim