Os moradores da Rua Manoel Freitas, centro, São Gonçalo do Piauí, cidade da região do Médio Parnaíba Piauiense, emitiram nota de repúdio com pedido de providências à empresa Equatorial Energia do Piauí, nesta segunda-feira, 25 de novembro de 2019.

Os moradores reclamam da qualidade do fornecimento de energia no referido perímetro urbano, no tocante às recorrentes quedas de energia na referida rua, causando imensos transtornos, segundo a nota.

A nota diz que são frequentes interrupções e oscilações do fornecimento de energia na referida rua, o que impossibilita a utilização de aparelhos eletrodomésticos como ventiladores, ar-condicionados, entre outros, o que se traduz em um indisfarçável sentimento de impotência e profunda humilhação.

A nota reclama também da qualidade no atendimento prestado à população através do atendimento virtual ou dos servidores plantonistas, no que, segundo a nota, aumenta a sensação de descaso e humilhação em relação aos consumidores.

Por fim, a nota pede providências no intuito de melhorar a qualidade no fornecimento de energia elétrica na rua Manoel Freitas.

Procurada pela reportagem, a empresa respondeu que irá checar com a Operação as ocorrências na referida rua.

Veja na íntegra a nota emitida pelos moradores:

Nota de utilidade pública/nota de repúdio/pedido de providência

Os moradores da rua Manoel Freitas, centro, São Gonçalo do Piauí, vem por meio desta manifestar seu repúdio em relação aos serviços prestados pela empresa Equatorial Piauí no que tange à qualidade do fornecimento de energia no referido perímetro urbano.

Anote-se, por oportuno, que são recorrentes a interrupções e/ou oscilação do fornecimento de energia na referida rua, sobretudo no horário noturno, de modo que a população local se sente constrangida e humilhada com tamanho descaso.

Frise-se, ainda, que tais interrupções/oscilações do fornecimento de energia na referida rua impossibilitam a utilização de aparelhos eletrodomésticos como ventiladores, ar-condicionados, geladeiras, assim como os referidos moradores se submetem à noites de insuportável calor (inclusive crianças e idosos), o que se traduz em um indisfarçável sentimento de impotência e profunda humilhação.

Concluem os moradores enfatizando a péssima qualidade do atendimento prestado à população através do atendimento virtual ou dos empregados plantonistas que, deve-se dizer, aumenta ainda mais a sensação de descaso e humilhação em relação ao cidadão contribuinte.

Finalmente, a presente nota também se presta como um pedido de providência endereçado à Gerência Regional da Equatorial do estado do Piauí com o intuito de melhorar o fornecimento de energia elétrica na rua Manoel Freitas, centro, São Gonçalo do Piauí, sob pena de eventuais ações judiciais futuras.

São Gonçalo do Piauí, 25 de novembro de 2019