Durante a temporada 2013, a possibilidade de o Estado do Piauí perder uma de suas vagas na Copa do Brasil do próximo ano esteve em pauta. O número de participantes por estado é definido de acordo com o ranking nacional de federações, e a Federação de Futebol do Piauí estava no limite das duas vagas. Foi aí que a campanha do Parnahyba na Série D do Campeonato Brasileiro, a melhor de um piauiense na história da competição, garantiu a quantidade de vagas do estado.
A pontuação das entidades é obtida através da soma da pontuação de todos os clubes do estado no ranking nacional de clubes (RNC). A FFP, na última atualização do RNC em dezembro de 2012, ocupava a 22º posição, com 2.468 pontos, última colocação que dá direito a duas vagas na Copa do Brasil. Logo atrás, vinha a federação do Espírito Santo, com 2.433 pontos.
Como o ranking conta apenas os pontos dos últimos cinco anos, na próxima atualização serão descartadas as pontuações de 2008, ano em que o River-PI chegou à segunda fase da Copa do Brasil e o Picos à segunda fase da Série C. Sem estes pontos contabilizados, o Piauí ficaria em desvantagem em relação ao Espírito Santo, dependendo de um bom desempenho de seus clubes nas competições nacionais, principalmente em relação às equipes capixabas.
Parnahyba torcida (Foto: Renan Morais/GLOBOESPORTE.COM)Desempenho do Parnahyba na Série D levantou a torcida e garantiu duas vagas na Copa do Brasil do próximo ano (Foto: Renan Morais)
Confusão na Copa do Brasil
O novo modelo de ranking foi adotado apenas em 2012. Anteriormente, eram contabilizadas as pontuações dos clubes desde a década de 50. Com a mudança de critérios, a Federação do Espírito Santo perdeu uma vaga na Copa do Brasil 2013 para o Acre e reclamou junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Após discussões, a solução encontrada foi a disputa de uma pré-copa, com times dos dois estados, onde o vencedor poderia entrar para o certame nacional.
A Desportiva Ferroviária venceu a pré-copa contra o Atlético Acreano e manteve o Espírito Santo com dois representantes na Copa do Brasil. Nessa competição, piauienses e capixabas tiveram desempenho idêntico, com todas as equipes desclassificadas na primeira fase; Flamengo-PI e Parnahyba pelo Piauí; Desportiva Ferroviária e Aracruz pelo Espírito Santo.
Série D
Contabilizadas as pontuações da Copa do Brasil 2013 e já descartados os pontos de 2008, os times piauiense somavam 1.760 pontos, dez pontos atrás dos capixabas. O tira-teima seria a Série D, onde o Parnahyba precisaria somar mais pontos que o Aracruz para recuperar a posição da FFP.
E assim foi. Somando 12 pontos e ficando em terceiro no grupo A2, o Parnahyba terminou a Série D na 20ª posição, enquanto o Aracruz somou apenas seis pontos na grupo A6, ficando na 34ª posição. Assim, o Parnahyba conquistou 54 pontos no RNC, enquanto o Aracruz, como todas as equipes que ficaram abaixo da 23ª posição, conquistou apenas 51.

A única federação que se encontra atrás da piauiense no ranking e que ainda disputa competições nacionais em 2013 é a Tocantinense, que tem o Gurupi na segunda fase da Série D. A diferença, no entanto é grande e, mesmo que a equipe seja campeã, não somará pontuação suficiente para superar os piauienses no ranking de federações.
Houve um temor ainda maior de perda da vaga por conta da Pré-Copa do Brasil. Em ofício enviado às federações no início deste ano, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, informava que o torneio extra também contaria pontos para o ranking. Segundo o ofício, o clube vencedor da disputa AC/ES somaria “25 pontos no RNC, o que equivale à pontuação normal como clube disputante da primeira fase da Copa do Brasil”. O perdedor somaria dez pontos.
Ofício da CBF (Foto: Reprodução)Redação do ofício da CBF deu margem a interpretações distintas (Foto: Reprodução)
Esta redação abriu margem a duas interpretações: ou o clube vencedor teria os 25 pontos por participar da primeira fase, como todos os outros participantes, ou somaria 25 pontos extras pelo ‘título’ da pré-copa. No entanto, informações obtidas pelo GLOBOESPORTE.COM junto à diretoria de competições da CBF, garantiram que o clube capixaba somou apenas 25 pontos.
– A pré-copa somou pontos apenas para o perdedor, que somou mais dez. O vencedor teve apenas os 25 pontos por participar da primeira fase da Copa do Brasil – afirmou o representante da CBF.
(*) Wenner Tito, globoesporte.com/piauí