A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou durante sessão ordinária realizada nesta terça-feira (05), requerimento do deputado Fernando Monteiro, solicitando ao governador Wilson Martins e ao Secretário de Saúde do Piauí, Ernani Maia, a construção de uma maternidade com Semi – UTI Neonatal na cidade de Barras.
Fernando Monteiro, afirmou que a construção da maternidade diminuirá as transferências de pacientes para Teresina, principalmente das gestantes em trabalho de parto prematuro e de risco. São mais de 200 mil habitantes concentrados em Barras e cidades da Região da Grande Barras.
A metade desta população é de mulheres que, são obrigadas a deslocar-se para outras regiões. São muitos os casos de barrenses que são obrigadas a levarem seus filhos para nascerem fora de sua terra natal por conta desta situação.
O deputado Fernando Monteiro no momento em que apresentou o requerimento disse: “Tenho certeza que o Governador Wilson Martins e o Secretário Ernani Maia, não vão medir esforços para que seja construída uma maternidade em Barras. Estamos com essa meta e faremos de tudo para viabilizar recursos nas esferas federais e estaduais, para que a maternidade se torne uma realidade para o município”.
Segundo dados fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde, só no ano passado 344 gestantes precisaram ser transferidas do Hospital Municipal Leônidas Melo, em Barras, para a Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina, com um tempo de percurso de uma hora e meia entre o município e a capital.
Fernando Monteiro destacou ainda que o momento sublime na vida de uma mulher se transforma em agonia, já que entram em trabalho de parto ainda a caminho da capital. O requerimento agora precisa  ser aprovado pelo Governador Wilson Martins. A maternidade beneficiará também a população que compõe a 2ª Coordenadoria Regional de Saúde, que abrange os municípios de Barras, Batalha, Boa Hora, Cabeceiras, Campo Largo, Esperantina, Joca Marques, Luzilândia, Matias Olímpio, Madeiro, Morro do Chapéu, Nossa Senhora dos Remédios, Porto, São João do Arraial e Joca Marques.
Deputada Nise Caldas Brito Pereira Damasceno:
Muitos barrenses estão questionado as atividades da conterrânea deputada Nise Caldas Brito Pereira Damasceno. De duas, uma: ou ela nunca apresentou um projeto que favoreça a Barras ou tem uma péssima assessoria de comunicação, já que ninguém nunca soube das suas atividades como parlamentar, bem diferente do pai e do esposo quando deputados.