FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO PIAUÍ EXCLUÍ O FLAMENGO-PI DO CAMPEONATO PIAUIENSE SUB-17

 FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO PIAUÍ EXCLUÍ O FLAMENGO-PI DO CAMPEONATO PIAUIENSE SUB-17

A Federação de Futebol do Piauí não esperou a decisão da Justiça do Trabalho para tomar uma posição sobre a permanência do Esporte Clube Flamengo no Campeonato Piauiense Sub-17 de 2021. Nesta sexta-feira, Daniel Araújo, superintendente da FFP, publicou nota oficial excluindo o time rubro-negro da competição que dá ao campeão vaga na Copa do Brasil Sub-17 de 2022.

A comissão técnica e jogadores receberam a informação com revolta. O supervisor Aníbal Lemos (ex treinador do time profissional), gravou áudio dizendo que “A Federação deveria zelar pelos interesses dos seus filiados, que excluindo o Flamengo-PI antes do veredito final da Justiça foi um erro. E se na próxima semana a juíza Alba do Rego Monteiro Sobral dizer que o Flamengo-PI pode disputar a competição, o que dirá a FFP?”, indaga. Aníbal Lemos disse ainda que “Robert Brown Carcará, presidente da Federação de Futebol do Piauí deveria se preocupar mais em defender os times filiados, que em 2005, Brown era presidente do Flamengo-PI e eu treinador; àquela época também não tive meu salário pago, portanto a situação atual do Flamengo-PI também tem o hoje presidente da FFP como coadjuvante”.

Desportistas, jornalistas, muitos advogados e até desembargador criticou a decisão da FFP em emilinar o Flamengo-PI antes da decisão da justiça.

Entre os jogadores, muita tristeza, alguns choraram. Cerca de 12 jogadores são de outras cidades piauienses ou de outros estados, dizem estar voltando frutados para suas casas. Um deles confessou a nossa reportagem que o pai vendeu a geladeira da casa para ajudar o filho a jogar o Campeonato Piauiense Sub-17 pelo Flamengo-PI; outro disse que a mãe fez um empréstimo, agora tudo em vão!

Neste final de semana os jogadores do Flamengo-PI retornam as suas cidades, alguns com a passagem paga por profissionais da comissão técnica que se sensibilizaram com o sofrimento dos mesmos.

A Justiça do Trabalho proibiu o Esporte Clube Flamengo de disputar competições profissionais devido a dívidas contraídas pelos diretores nos últimos 20 anos, quando chegaram até a vender o CT do clube e não se sabe o que fizeram com o dinheiro da venda! Mas na interpretação da FFP a medida judicial também atinge a base e antecipou-se a decisão da justiça.

futebolnordestinoraiz #campeonatopiauiensesub17

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *