Eduardo Campos recebe título de cidadão piauiense. O que ele fez pelo Piauí?

 Eduardo Campos recebe título de cidadão piauiense. O que ele fez pelo Piauí?
 
Está marcado para esta Terça-feira (22), a entrega do título cidadão ao governador do Estado de Pernambuco e presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro, Eduardo Henrique Accioly Campos (foto acima), que chega a capital teresinense na madrugada desta terça-feira (22), conforme informou a coordenadora do Cerimonial da cerimonial da Assembleia Legislativa do Piauí, Geovana Costa.
 
A solenidade, que atende requerimento do deputado Antônio Félix (PSD) poderá ainda ser acompanhado pelos 5 telões distribuídos na Casa, em lugares considerados propícios como o Salão Nobre, Praça do Povo e corredores do poder legislativo; além do plenário, local que na oportunidade será liberado à população, considerando a quantidade de filiados ao PSB no Piauí. Após a solenidade haverá uma entrevista coletiva à imprensa do Piauí.
 
A recepção do governador e sua comitiva será realizada com aparato de segurança estratégico, segundo explicou o tenente Ramalho, comandante da guarda de segurança da Assembleia. Segundo Ramalho o reforço no policiamento efetivo da Casa e da Polícia Militar do Piauí deveráreforçado por conta do grande número de pessoas que são aguardadas.
 
Para a solenidade foram convidados os senadores do Piauí, deputados federais, representantes do Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Contas do Estado, Ordem dos Advogados do Piauí, Prefeito de Teresina, Universidade Estadual e Federal do Piauí, Governador do Piauí e secretários, arquidiocese de Teresina e outros órgãos federais.
 
Eduardo Henrique Accioly Campos nasceu em Recife, em 10 de agosto de 1965. Entrou na Universidade Federal de Pernambuco, formando se em economia. Começou a militância política ainda na UFPE, como presidente do Diretório Acadêmico da Faculdade de Economia. Ele chegou ao Congresso Nacional em 1994, eleito com 133 mil votos. No ano seguinte, foi secretário do governo e, em 1996, secretário da Fazenda. Foi reeleito em 1998 para a Câmara Federal, como deputado mais votado de Pernambuco, com 173.657 votos. Seu terceiro mandato como deputado federal veio em 2002, quando se tornou um dos principais articuladores do governo Lula. No ano seguinte, tornou-se ministro da Ciência e Tecnologia e, em 2005, assumiu a presidência nacional de seu partido. No início de 2006, se licenciou do cargo para concorrer ao governo do Estado, pela Frente Popular de Pernambuco, sendo eleito. Ele foi reeleito com 82,84% dos votos nas eleições de 2010. Eduardo Campos é casado com a economista e auditora do Tribunal de Contas do Estado do Pernambuco, Renata Campos, com quem tem quatro filhos – Maria Eduarda, João Henrique, Pedro Henrique e José Henrique.

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *