O inferno astral do Corinthians continua. Na noite desta quarta-feira, em mais uma apresentação ruim sob o comando de Osmar Loss, o Timão perdeu para o Ceará, por 2 a 1, na Arena Castelão, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O grande destaque da partida foi o gol marcado pelo goleiro Éverson, de falta, ainda no primeiro tempo. O camisa 1 surgiu na base do rival São Paulo. Logo após a partida, a diretoria corintiana anunciou a saída do técnico Osmar Loss.

Sem ganhar há dois jogos, o Corinthians vai ainda mais pressionado para o clássico contra o Palmeiras, no domingo. O resultado deixa o Timão no meio da tabela, com 30 pontos, cada vez mais distante da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Por outro lado, o Ceará segue reagindo desde a chegada de Lisca e a luz no fim do túnel vai ficando cada vez mais clara. Após a segunda vitória seguida, o Vozão chegou aos 23 e a diferença para o Vasco da Gama, primeiro fora da zona de rebaixamento, é de apenas um ponto. O clube carioca, porém, ainda vai jogar na rodada.

GOLEIRO ARTILHEIRO

Logo aos três minutos, Juninho Quixadá recebeu passe na marca do pênalti e, de frente para Walter, se atrapalhou na hora do domínio, permitindo a recuperação da zaga corintiana. Na sequência, Calyson soltou a bomba quase na pequena área e o goleiro fez grande defesa. O Ceará perdeu mais uma boa oportunidade.

Aos nove, Juninho Quixadá cruzou, a zaga do Timão afastou mal e Tiago Alves desviou para o gol de carrinho nas mãos de Walter. Melhor em campo, o Ceará abriu o placar aos 19 com Everson. O goleiro cobrou falta com perfeição no ângulo do goleiro corintiano, que dessa vez nada pôde fazer. O time paulista não conseguia jogar.

A primeira finalização do Corinthians veio apenas aos 30 minutos, quando Pedrinho dominou na entrada da área e bateu para fora. Na sequência, Henrique fez o corte parcial e a bola sobrou para Arthur mandar por cima.

NÃO DEU, TIMÃO

Mesmo com o Corinthians tendo feito um primeiro tempo muito ruim, o técnico Osmar Loss voltou do intervalo ser fazer nenhuma alteração. E a situação ficou ainda pior aos 11 minutos. Leandro Carvalho passou como quis por Mantuan e cruzou para Calyson completar para o gol sem goleiro.

O Corinthians diminuiu aos 26 minutos. Jadson deu grande assistência para Roger, que bateu cruzado na saída de Éverson. A zaga do Ceará parou pedindo impedimento. Preocupado com a pressão do adversário em busca do empate, o técnico Lisca recuou o Vozão e colocou o zagueiro Eduardo Brock no lugar do atacante Arthur.

Nos acréscimos, o Ceará quase mata o jogo com Robinho, que chegou um pouco atrasado e não conseguiu completar cruzamento. A bola passou por toda a área.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 16 horas, pela 24ª rodada. O Ceará enfrenta o América-MG, na Arena Independência, em Belo Horizonte, enquanto o Corinthians faz o clássico contra o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo.

(*) Futebol Interior