Cori-Sabbá 1×1 River e 4 de Julho 0x0 Piauí, os dois jogos de abertura do Campeonato Piauiense

 Cori-Sabbá 1×1 River e 4 de Julho 0x0 Piauí, os dois jogos de abertura do Campeonato Piauiense

Floriano (PI) – Num jogo bem disputado e diante de excelente público, Cori-Sabbá e River ficaram no empate de 1 a 1, hoje (26) à tarde, no Estádio Tibério Nunes, em Floriano, na partida que abriu o Campeonato Piauiense. Para a torcida tricolor, um resultado frustrante diante da expectativa que girava após a montagem do time.


O início da partida até que mostrou um certo equilíbrio, com os dois times buscando as oportunidades para abrir a contagem. A primeira chance de real perigo foi favorável ao River. Decorriam apenas 9 minutos quando Pantico, da marca do pênalti, conseguiu virar e chutar no meio do gol, com o goleiro Baby defendendo com o pé.

O Tricolor continuou atacando, com a bola ora passando por Thiago Marabá, ora por Pantico. Mas foi o Cori-Sabbá quem teve a segunda oportunidade para tirar o zero do placar. Cafezinho, aos 27 minutos, recebeu em excelente condição e, cara a cara com Robinho, chutou buscando o canto direito, com a bola saindo depois de tocar levemente na trave.

Cori-Sabbá, da cidade de Floriano

A resposta tricolor veio em boa jogada de Pantico pela esquerda. Ele evitou a marcação e fez o cruzamento para a área. O volante Jackson acertou uma estranha cabeçada e colocou a bola em suas próprias redes, marcando, contra, o primeiro gol do Campeonato Piauiense 2013: River 1 a 0, resultado final do 1° tempo.


Na fase complementar, o jogo mudou totalmente de figura e o Cori-Sabbá mandou na partida. O goleiro Baby, pouco exigido, foi um mero expectador, ao passo que Robinho e a zaga tricolor tiveram que se desdobrar para não deixar o gramado com uma derrota. O mesmo Cafezinho, que havia perdido o gol na primeira etapa, desta feita foi mais eficiente.


Roubou a bola de Alisson, evitou a marcação de Jo e chutou no canto esquerdo de Robinho, que não esperava pela falha de sua zaga. O empate estava decretado aos 31 minutos. O mesmo Cafezinho, aos 44, por muito pouco não fez o segundo gol, com Robinho defendendo providencialmente. O goleiro tricolor também viu a bola bater no seu travessão. E o empate, no final, terminou sendo um prêmio.


A diretoria riverina, porém, não ficou nada satisfeita com a perda dos primeiros dois pontos na competição, ao passo que o técnico Vanin, do Cori-Sabbá, fez questão de elogiar o fato do jogo ter sido em alta temperatura e agradado ao bom público que foi ao Tibério Nunes na tarde de hoje. 

River, de Teresina



FICHA TÉCNICA


CORI-SABBÁ 1×1 RIVER (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – 1ª fase – 1ª rodada – Taça Estado do Piauí); Data: 26/01/2013 (sábado à tarde); Local: Estádio Tibério Nunes (em Floriano); Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e Karol Vinícius Mendes Soares Martins.


Gols: Jackson (cabeça – contra) 32 do 1° tempo; Cafezinho 31 do 2°.


Cartões amarelos: Jader, Cafezinho, Jackson (CORI), Pantico e Marcelão (RIV).


Cori-Sabbá – Baby; Hans Miller, Fagundes e Cleiton Mendes; Pierre (Cleidinaldo), Jackson, Jader, Diego e Cleiton Maranhão; Cafezinho e Toni (Emerson). Técnico: Faustivânio Fernandes Venancio (Vanin).


River – Robinho; Marcelão, Jó e Alisson; Ênio (Chicão), Israel (Izael William), Célio (Romano), Thiago Marabá e Jardel; Anderson Kamar e Pantico. Técnico: Joaquim de Oliveira Lemos Júnior (Aníbal). 




Em Piripiri, 4 de Julho e Piauí Esporte Clube também empatam


Um bom público foi ao Estádio Ytacoatiara, em Piripiri. Mas o Colorado não saiu do 0x0 diante do bom time do Piauí Esporte Clube.

Piripiri (PI) – A exemplo do que ocorreu à tarde, por ocasião do primeiro jogo da competição, 4 de Julho e Piauí também empataram na segunda partida do Campeonato Piauiense, disputada na noite de hoje (26), no Estádio Ytacoatiara, em Piripiri. A única diferença é que o placar permaneceu em branco, sem que a torcida pudesse comemorar alguma bola na rede.


O jogo foi bastante equilibrado, com as duas equipes buscando o gol, mas encontrando forte marcação pela frente. O 4 de Julho, mais que isso: encontrou também o goleiro Neto em noite das mais inspiradas, fazendo defesas providenciais para não deixar sua meta ser vazada e o 4 de Julho abrir o placar.


Tanto no primeiro tempo quanto na fase final, Neto foi exigido e mostrou que continua muito bem, correspondendo plenamente o investimento da diretoria em sua contratação. O setor defensivo colorado também esteve bem, mas com Fabiano pelo lado direito, o Piauí perdeu um pouco a seu poder ofensivo. Jogador que rende mujito mais pela esquerda do ataque, ele não teve muitas oportunidades para marcar.


Mesmo assim, foi de Fabiano a melhor chance do Piauí. Uma cabeçada que levou a bola a chocar-se contra o trave do 4 de Julho, aos 26 minutos do segundo tempo. A rigor, o resultado foi justo. Ruim apenas para o torcedor, que não pode ver o melhor do futebol – a bola na rede. Oportuno registrar o retorno do meia Lira que, aos 41 anos de idade, volta a disputar o Campeonato Piauiense depois de ter fraturado a perna no início do ano passado. 


FICHA TÉCNICA


4 DE JULHO 0x0 PIAUÍ (Campeonato Piauiense de Futebol da 1ª Divisão de Profissionais – 1ª Fase – 1ª rodada – Taça Estado do Piauí); Local: Estádio Ytacoatiara (em Piripiri); Arbitragem: Leonardo Marques Fortes, auxiliado por Rogério de Oliveira Braga e Izaura de Sousa e Silva.


Cartões amarelos: Victor, Jeová Júnior, Diego e Binha (PIA).


4 de Julho – Rafael; Wilsinho, Marcelo, Marlon e Pardal; Ricardinho, Renan Carioca, Dacha e Alisson (Sávio); Ítalo (Lira) e Pretinho. Técnico: Nelson de Oliveira Mourão.


Piauí – Neto; Zé Ribas, Thiago Campelo, Victor e Jorginho; Diego (Pablo), Binha, Darley e Jeová Júnior (Cláudio Júnior); Fabiano e Boiadeiro. Técnico: Fernando Tonet. 

(*) Mais informações veja no Site do Buimsitedobuim.blogspot.com.br

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *