Copa Piauí: Flamengo e Piauí empatam e 4 de Julho vence o Picos

 Copa Piauí: Flamengo e Piauí empatam e 4 de Julho vence o Picos
Teresina (PI) –  O Piauí Esporte Clube fez sua melhor atuação na Copa Piaui. Desde o início da partida mostrou-se aplicado taticamente e aproveitando espaços preciosos no sistema defensivo adversário. Tanto que não demorou a abrir a contagem, em jogada concluída pelo artilheiro Silas, com apenas 8 minutos de partida. 
O jogo permanecia bem disputado, mas somente aos 37 minutos é que o Esporte Clube Flamengo, que já perdera boas oportunidades, conseguiu igualar as ações, num chute de fora da área do lateral Rian. Um belo gol e um bom primeiro tempo, onde o Flamengo seguia, com o placar parcial, campeão do primeiro turno.
No retorno do segundo temo, o Piauí manteve o ritmo e Silas a inspiração. Com dois gols – aos 16 e 30 minutos – ele colocou o Piauí com a vantagem de dois gols. Como o 4 de Julho vencia apenas por diferença de 2 gols, o Piauí agora é quem tornava-se campeão. Mas o sabor do título foi por apenas 2 minutos, pois Laércio logo reduziu a diferença e em seguida Rian, também em boa jornada, deu números finais ao placar: 3×3.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO DO PIAUÍ 3×3 PIAUÍ (VI Copa Piauí – 1° turno – 3ª rodada); Data: 22/09/2013 (domingo à tarde); Local: Estádio Municipal Lindolfo Monteiro (em Teresina); Arbitragem: Antônio José Lopes Trindade de Sousa, auxiliado por José Nilton da Costa e Izaura de Sousa e Silva.

Gols: Silas 8 e Rian 37 do 1° tempo; Silas 16, Silas 30, Laércio (cabeça) 32 e Rian 34 do 2°.
Flamengo – Robson/; Laércio, Eduardo Junho e Alessandro; Jorginho (Diego Silva), Klebson, Idelvando, Darlan (Raphael Freitas) e Rian; Raiff (Jarbas) e Fabinho. Técnico: Paulo Moroni.
Piauí – Lucas; Paulo Vitor, Jó, Veloso e Pablo; Victor Recife (Pedro Gaúcho), Binha, Dindê (Paulo Roberto) e Léo; Silas e Maranhão (Dênis). Técnico: Marcão.

Em Piripiri o 4 de Julho vence o Picos por 2×1


Piripiri (PI) – Em jogo onde o time da casa ainda aspirava o título do 1° turno da Copa Piauí, que poderia conquistar diante de uma combinação de resultados, o 4 de Julho Esporte Clube  derrotou o Picos neste domingo (22), no Estádio Ytacoatiara, por 2 a 1. A vitória por apenas um gol de diferença terminou servindo só para cumprimento da tabela.

O triunfo colorado começou a se desenhar por volta de 20 minutos, quando o volante Fábio Ubajara abriu a contagem, dando a esperança da conquista do títuo, uma vez que, àquela altura, o Piaui também vencia o jogo em Teresina. Precisando fazer saldo de gols, o 4 de Julho buscou a amplilação do placar.

E conseguiu quando já eram decorridos 41 minutos, através do experiente Pretinho, o maior artilheiro da história colorada. E foi com este 2 a 0 que o árbitro Afonso Amorim de Sousa encerrou o primeiro tempo. Com várias modificações, a SEP passou mais 45 minutos sem marcar um único gol na competição.
Na fase complementar, a Sociedade Esportiva de Picos perde Bruno Ernandes, expulso aos 5 minutos. Se com 11 estava difícil, com 10 as dificuldades passariam a ser bem maiores. Mas não foi bem o que se viu, pois Picos buscou o equilíbrio das ações e quando o 4 de Julho também teve um jogador expulso – Fábio Ubajara -, Picos teve chances até para empatar, mas aproveitou somente uma oportunidade, com Neto marcando no final da partida.
FICHA TÉCNICA
4 DE JULHO 2×1 PICOS (VI Copa Piauí – 1° Turno – 3ª rodada); Data: 22/09/2013 (domingo à tarde); Local: Estádio Ytacoatiara (em Piripiri); Arbitragem: Afonso Amorim de Sousa, auxiliado por João Thiago Carvalho Reis e Antônio Sérgio de Sousa Araújo.
Gols: Fábio Ubajara 20 e Pretinho 41 do 1° tempo. Neto 42 do 2°.

Cartões amarelos: Wilsinho, Fábio Ubajara (4J), Jhuliano, Bruno Ernandes, Samuel e Marcelão (SEP).

Expulsões: Bruno Ernandes, aos 5, e Fábio Ubajara, aos 28, ambos no 2° tempo, em face da segunda advertência, e por prática de jogo brusco.

4 de Julho – Robinho; Wilsinho (Caio), Paulo Maranhão, Bruno Pedrosa e Diguinho; Dacha, Célio e Fábio Ubajara; Maicon, Joniel (Lira) e Pretinho. Técnico: Paolo Rossi.
Picos – Carlos Henrique; Chicão, Marcelão e Bruno Ernandes; Jhuliano (Jefferson), Ivanzinho, Jefferson Pipoca (Codó), Pelezinho (Samuel) e Neto; Zé Rodrigues e Shailison. Técnico: Aníbal Lemos.

(*) Textos: Severino Filho, Site do Buim, sitedobuim.blogspot.com

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *