Caso Juarez Rocha: Associação do Ministério Público emite nota em defesa de Promotor de Justiça

A Associação Piauiense do Ministério Público (APMP) enviou nota ao Tribuna de Barras com pedido de publicação, onde emitiu apoio ao promotor de Justiça de Barras, Silas Sereno, após acusações feitas pelo empresário Juarez de Carvalho Rocha contra o promotor, em emissora de televisão de Teresina.


Dentre as acusações, o empresário insinuou que Silas Sereno estaria sendo festejado por bandidos em razão de o promotor não ter, no caso que apura suposto crime em que Juarez figuraria como vítima, oferecido denúncia contra os suspeitos, optando por requerer mais diligências para o esclarecimento do caso.
De acordo com a nota da APMP, é prerrogativa do membro Ministério Público, diante de um inquérito policial, oferecer denúncia quando houver indícios de autoria e prova da materialidade do delito; requerer a realização de diligências complementares, caso haja necessidade de coleta de mais provas; ou mesmo requerer o arquivamento do procedimento policial, se entender inexistência de crime ou não elucidada a autoria.

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *