Um vídeo que está circulando nas redes sociais no Estado de Alagoas, mostra um homem usando um gorro com duas armas nas mãos e declarando apoio a dois candidatos, entre eles um alagoano. Com a foto do candidato à presidência Jair Bolsonaro no carro e o candidato alagoano, Cabo Bebeto, o homem (que não foi identificado) disse que os dois precisam ganhar e que “vagabundo não tem vez”.

“Boa noite, estamos falando aqui de Maceió, na Região do Pinheiro. Aqui só tem homem de bem e o Brasil que a gente quer é esse. Esses homens aqui têm que ganhar porque vagabundo não tem vez, não, tem que comer arrochado nessas ‘bichinhas'”, afirma o homem com os revólveres para a câmera.

 

O Cabo Bebeto informou à imprensa alagoana que acredita não ter sido coincidência o vídeo ter viralizado já que nessa Quarta-feira, 5 de Setembro de 2018,  uma pesquisa foi divulgada e que mostrava o Cabo da PM de Alagoas em uma boa colocação como candidato ao cargo de deputado estadual por Alagoas. Além disto, ontem, foi anunciado que o candidato Jair Bolsonaro viria a Maceió. “Tudo isso causou um ‘alvoroço’ e é fato que ele estando e eu sendo candidato apoiado por ele sei que a nossa campanha vai crescer mais ainda”, comentou.

Segundo ele, hoje pela manhã recebeu o vídeo que está circulando. “Não sei se é um apoiador e que foi infeliz em fazer o vídeo ou se foi alguém com essa mensagem oculta de me prejudicar. Para mim não foi coincidência por causa do que aconteceu ontem (a pesquisa e vinda do Bolsonaro)”.

O Cabo Bebeto ressaltou que acredita que alguém fez o vídeo de forma maliciosa para prejudicá-lo. “Tenho um discurso firme e nem gosto de vagabundo, mas nem por isso ando gravando vídeos tenho o limite do bom senso. Se a pessoa fez com a vontade de me ajudar, extrapolou. Se fez na intenção de me prejudicar talvez tenha conseguido já que tem gente que gostou e tem gente que não”, finalizou.