Volta dos militares ao Poder? Forças Armadas – instituição mais acreditada pelos brasileiros

 Volta dos militares ao Poder? Forças Armadas – instituição mais acreditada pelos brasileiros
O desastre moral do Governo do PT nos últimos 10 anos, além de leis sanciondas pelos presidente Lula e Dilma Rousseff protegendo pessoas que vivem à margem de uma sociedade sadia, tem feito com que muitos brasileiros torçam pela volta do Regime Militar. Dizem muitos que à época do militarismo no Brasil se tinha educação pública e saúde de qualidade para todos, além de segurança pública excelente. Os ítens saúde, educação e segurança são os mais questinados pelos brasileiros da atualidade.
Veja abaixo artigo publicado no acessepiaui.com.br de autoria do piauiense Mauro Sampaio:
“O brasileiro não só gosta de reclamar de praticamente tudo, até quando tudo pode estar bem. O brasileiro também é chegado a desconfiar das instituições e da vizinhança.

Mas, a maior parte da população é capaz de colocar a mão no fogo pelas Forças Armadas, de longe a que menos pode atuar no atendimento de suas reivindicações por mais saúde, educação e segurança nas cidades.

Exército, Aeronáutica e Marinha devem estar preparadas para garantir a soberania nacional.

Claro que os militares são convocados para missões de paz mundo afora e, no País, estão de prontidão para socorrer a população em situações de emergência ou as que estão localizadas nas áreas mais remotas da Amazônia.

A confiança em onze instituições (inclusive privadas) medida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) no primeiro semestre de 2013, com especial atenção ao Poder Judiciário, coloca as Forças Armadas no topo do gráfico, com 63% de aprovação.

Nada mal. Deixa em segundo lugar a Igreja Católica, com 47%, e na sequência o Ministério Público (44%), imprensa escrita (38%), grandes empresas (36%), Justiça (34%), Governo Federal (33%), polícia (31%), emissoras de TV (29%), Congresso Nacional (17%) e partidos políticos (5%).

Os militares já governaram o País. A redemocratização a partir de 1985 trouxe à tona, com a liberdade de imprensa e expressão, malfeitos e omissões dos governantes e parlamentares. Em tempos de permanente crise ética e moral, há quem veja com bons olhos uma nova tomada do poder dos civis.

As Forças Armadas colocariam em ordem e progresso o Brasil desmantelado. Apelo que parece implícito na confiança depositada na instituição. Não que ela não mereça.

A Fundação Getúlio Vargas ouviu por telefone 3.304 pessoas a partir de 18 anos nos Estados do Amazonas, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal, onde vivem aproxidamente 55% da população maior de idade”.

(*) Mauro Sampaio

Diego Albert

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *